Romero Rodrigues reage e admite pela 1ª vez contar com um vice prefeito aliado de Veneziano Vital

CONTRA ATAQUE: após indicação de Tatiana, Romero Rodrigues reage e admite pela 1ª vez contar com um vice prefeito aliado de Veneziano Vital

A oficialização do nome da médica Tatiana Medeiros (PMDB) para disputar a prefeitura de Campina Grande na qualidade de sucessora do atual prefeito, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), mexeu no tabuleiro político e pode interferir principalmente na formação da chapa das oposições.

A primeira mudança é no PSDB. O pré-candidato das oposições, deputado Romero Rodrigues, nesta quinta-feira (12), revelou pela 1ª vez querer contar com um companheiro de chapa, hoje aliado do prefeito Veneziano, em uma clara busca pelo bloco dos insatisfeitos com a escolha do PMDB.

Sem querer nominar, o tucano disse saber da existência desses insatisfeitos no grupo ligado ao prefeito.

“O nosso vice será escolhido da forma mais democrática possível. Vamos conversar com todos os seguimentos da oposição na cidade e estamos abertos sim para receber alguma eventual adesão, principalmente da base do prefeito. Eu sei que tem muita gente insatisfeita daquele lado”, disse. Para Romero, existe hoje em Campina Grande um sentimento de renovação na ética e nos conceitos políticos.

CONTATOS

Após garantir a existência do ‘bloco dos insatisfeitos’, Romero Rodrigues revelou que tem sido procurado pelos hoje aliados de Veneziano.

“Tem muita gente que nos procura, nos consulta, conversa e dá sinais de possibilidade de adesão e nós estamos aptos e abertos para receber apoio”, disse.

VICE

No que diz respeito à escolha do vice, o tucano não descartou a possibilidade de ter um postulante hoje aliado do prefeito que repense seus conceitos e opte pela mudança;

“Vamos resolver essa questão do vice da maneira mais democrática possível, conversando com todos. E não vai ter só a minha participação a escolha, todos serão participes”, falou.

Indagado se o bloco tucano poderia ter mesmo um aliado de Veneziano como vice, Romero admitiu, mas fez a correção do contexto. “Que seja aliado não, nós podemos ter um vice que discorde, que esteja lá agora eventualmente, mas que possa de certa forma se afastar do grupo porque discorda da forma como Veneziano está conduzindo”, explicou.

Henrique Lima/ Márcia Dias

PB Agora

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress