Publicidade

A Polícia prendeu, nesta quarta-feira (2), um homem suspeito de matar a jovem Aline Silva Dantas, 19 anos, filha de um casal de paraibanos naturais de Riacho dos Cavalos, em Alumínio, município do interior de São Paulo.

Aline Dantas foi encontrada morta em um matagal após ser dada como desaparecida quando saiu para comprar fraldas, dias antes.

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba confirmou nesta quarta-feira (2) que o suspeito do crime foi preso. Uma coletiva de imprensa está marcada para as 18h com mais detalhes do caso.

A divulgação da solução do caso será feita pelo titular da Delegacia Seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel. Também estará presente a titular da DIG de Sorocaba, Luciane Regina Bachir.

Relembre o caso

Aline Dantas foi vista viva pela última vez em 8 de setembro, quando saiu de casa. Ela foi capturada pelas imagens do circuito interno de segurança de uma farmácia onde tentou comprar fraldas para a filha. Uma segunda gravação a mostra na calçada e depois não é mais vista no vídeo.

Ela foi encontrada morta na tarde de 11 de setembro, em um matagal no município de Alumínio, interior de São Paulo. A vítima era filha de paraibanos naturais de Riacho dos Cavalos que moravam há anos na cidade paulista.

O corpo da vítima foi localizado parcialmente carbonizado e cercado de pedaços de madeira.

Devido a comoção causada pela morte da jovem, voluntários se mobilizaram para arrecadar doações para a filha da vítima, de apenas 1 ano.

Click PB

Comente usando o Facebook

Publicidade