Publicidade

Rio – Um jovem, identificado como Pedro Henrique Andrade Passos, 19 anos, e portador de Síndrome de Down, foi assassinado pelo padrasto com um golpe de furadeira no pescoço, no último sábado. Segundo informações, o jovem foi morto porque queria ir à igreja. O crime aconteceu na Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio, e o assassino está foragido.

O menino chegou a ser socorrido para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, e depois foi transferido para o Albert Schweitzer, em Realengo, mas não resistiu aos graves ferimentos e morreu. A Delegacia de Homicídios da Capital está investigando o caso e buscas estão sendo feitas na comunidade em busca do assassino.

A brutalidade do crime chocou até diretor do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa (DGHPP), Antonio Ricardo. “Em 20 anos de carreira nunca vi nada igual. Esse assassino é um monstro”, disse o delegado.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde disse que o corpo do jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), que irá determinar a causa da morte.

O Dia 

Comente usando o Facebook

Publicidade