Publicidade

O corpo foi velado na Câmara Municipal de Riachão e na Igreja de Bacamarte

Foi sepultado no cemitério de Ingá na tarde desta quinta-feira, dia 17 de abril, o corpo do advogado defensor publico João Pereira de Vasconcelos, natural de Riachão do Bacamarte, mais conhecido com João Bilu.

O advogado João Bilu foi vítima aos 62 anos de um infarto fulminante em sua residencia próximo a Lagoa Seca. João Bilu ao lado de sua esposa Socorro Raia, também advogada, atuaram por muito tempo em Campina Grande e também na Comarca de Ingá. João atualmente estava lotado na 4ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande e também já esteve a frente do Presídio do Serrotão na gestão do governador Cassio Cunha Lima.

O ilustre filho de Riachão, teve seu corpo velado na Câmara Municipal daquela cidade onde ficou  para visitação pública, depois recebeu as homenagens póstumas na capela de Bacamarte, em seguida, por volta das 16:00 hs, o féretro seguiu para o cemitério de Ingá onde está localizado o jazigo da família.

1376332_677854898894175_1155590238_nAntes de baixar a sepultura recebeu as últimas homenagens através de um belo discurso de sua esposa, Socorro Raia, com quem conviveu por mais de 30 anos, a qual falou de sua trajetória, caráter e qualidades.

A morte súbita de João Bilu pegou todos de surpresa, o que acarretou grande comoção entre familiares e amigos.

João Bilu morreu aos 62 anos deixando viúva e filhos.

Comente usando o Facebook

Publicidade