FUTSAL INGÁ: A GUERRA DA SEMIFINAL ENTRE FLU X PAPUDA

Muitos gols, expulsões, tumulto e agressões

Fluminense e Papuda fizeram a primeira semifinal nesta manhã de domingo (25), pelo Campeonato Independente de Futsal. O Flu, bicampeão, favorito para chegar a mais uma final jogando pelo empate, entrou em quadra completo para enfrentar a experiente equipe da Papuda.
Porém, o que se viu em quadra no primeiro tempo foi um verdadeiro massacre da Papuda frente a surpreendente apatia da equipe do Fluminense, que levava um gol atrás do outro, mesmo contando com Tiba, o paredão, considerado o melhor goleiro de Ingá.
Foi impressionante a aplicação tática dos jogadores da Papuda no primeiro tempo, liderados pelo experiente Israel Gomes, ex-atleta profissional.

Israel forte na marcação e ligação com o ataque
Israel forte na marcação e ligação com o ataque.

Israel foi o destaque no primeiro tempo, marcando, dando passes e até arranjando fôlego para ir ao ataque. Sipiti, o vice artilheiro da competição, agora com 11 gols, também deixou o dele. Nenem perdeu algumas oportunidades, mas se recuperou fazendo boas jogadas e deixando os companheiros na cara do gol. Papuda abriu um placar de 5 x 0, logo na primeira etapa. Completaram a goelada do primeiro tempo: Má com dois gols, Neném e o Mudo com um gol cada.

Na volta para o segundo tempo o Fluminense voltou melhor e começou a fazer gols. Já que o ataque não fazia, o goleiro Tiba foi até a frente e fez o primeiro do Flu, começando a reação encostando no placar em 5 x 3.

O goleiro Tiba arranca em direção ao gol e marca, iniciando a reação tricolor
O goleiro Tiba arranca em direção ao gol e marca, iniciando a reação tricolor

O time da Papuda visivelmente no segundo tempo deixou de jogar futebol e se preocupou apenas em catimbar o jogo esperando o tempo passar. Israel que foi o destaque no primeiro tempo pela boa atuação, infelizmente no segundo foi o destaque negativo, quando insistia em encarar Dedé do Fluminense após ter sofrido um esbarrão normal pela pegada da partida, gerando o primeiro tumulto na quadra, sendo ambos expulsos do jogo pela arbitragem. Quando o jogo retornou a pressão foi grande do Fluminense que chegou ao quarto gol. Pela regra do campeonato, quando um jogador é expulso, não poderá ficar no banco de reserva, terá que sair da quadra ou ficar do outro lado da arquibancada, e foi o que Israel e Dedé fizeram, ficaram do outro lado da arquibancada em lados opostos. O jogo recomeçou e depois de um certo tempo, ainda com a bola rolando, Israel foi tomar satisfações com Dedé que estava sentado na arquibancada, daí se desentenderam e chegaram as vias de fato, gerando um tumulto generalizado com agressões, murros, socos, chutes, que quase se transformou numa tragédia envolvendo todos os jogadores e torcedores. A briga só foi interrompida graças ao bom senso de alguns jogadores que apartaram a confusão. Mais dois jogadores foram expulsos, Rodrigo pela Papuda e Elenildo do Flu.

futsal polícia

A partida só retornou com a chegada da polícia. O Flu precisava de mais um gol para se classificar e teve oportunidades, mas parou nas defesas do bom goleiro da Papuda. Bruno, Marcone e Golado marcaram os gols do Flu, mas não conseguiram empatar.
Apesar dos lamentáveis fatos, a partida chegou ao final com o placar de 5 x 4: Papuda classificada para a grande final.

Os artilheiros Golado e Sipiti fizeram um gol cada. Sipiti vai a final com 11 gols. Dois a menos que Rodolfo do CESE.
Os artilheiros Golado e Sipiti fizeram um gol cada. Sipiti vai a final com 11 gols. Dois a menos que Rodolfo do CESE.

Fica  a torcida para que a equipe da Papuda vá a final com intuito de jogar bola e apresentar o bom futebol como jogaram no primeiro tempo contra o Flu, e seus jogadores mais experientes e dirigentes contribuam para isso, sem violência e sem a excessiva pressão para ganhar a todo custo. Seus jogadores tem qualidade suficiente para vencer o campeonato, na bola. Afinal, o futebol tem sido a diversão dos finais de semana e os atletas são da mesma cidade, conhecidos e amigos. Sendo assim, para dar uma chance a paz, decidimos não mostrar as imagens de violência e tumultos ocorridos.

Inga-Cidadao

 

Comente usando o Facebook