Publicidade

Pastor Hugo Wagner nos traz uma bela reflexão sobre o verdadeiro sentido do natal.

E você ? há lugar na sua vida para o natal de Jesus? no seu lar? no seu casamento? nos seus relacionamentos?…há lugar no seu espaço para acolher Jesus?

 

 

 

 

LEIA E REFLITA:

“… e o envolveu em panos e o deitou numa manjedoura, por que não havia lugar para eles na hospedaria”. (Lc 2:7)

Este é um evento único na história, tão significante que mudou o nosso calendário. Toda a história se dirigia a esse advento. Desde o Éden a promessa estava sendo aguardada. O Natal de Jesus é o maior da história.

O natal é a chegada do salvador. O Natal é uma festa de grande alegria. Os céus de Belém foram tomados por um coral de anjos e uma música que ecoava: “Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens a quem ele ama” (Lc 2.14). Os pastores celebraram e agradeceram a Deus pelo nascimento da criança Jesus e depois saíram anunciando. Devemos celebrar o nascimento de Jesus com Júbilo, com gratidão e com grande louvor em nossos lábios. O Natal foi planejado na eternidade. Foi prometido no tempo. Cumprido na plenitude dos tempos.

Mas o que me chama atenção na leitura do evangelho de Lucas 2:7. É que José e Maria não encontraram lugar em Belém. A cidade estava lotada e as hospedarias indisponíveis, por causa do censo imposto por César Augusto. A hora de Jesus nascer havia chegado; José e Maria já cansados de procurar um lugar acomodaram-se num estábulo. E por não encontrar lugar entre os homens para nascer, Jesus nasceu numa manjedoura (uma espécie de cocho onde se colocava o alimento dos animais).

Isso nos traz uma profunda reflexão sobre o verdadeiro natal. Os anos se passaram e os homens continuam afobados, correndo de um lado para o outro, cuidando de muitas coisas e não se apercebem que também não têm dado o devido lugar para Jesus. Suas casas estão abarrotadas, seus edifícios estão completamente cheios, não há tempo nas 24 horas, seus corações ocupados com muitos cuidados da vida. Muitas coisas ocupam hoje o lugar de Jesus na vida das pessoas.

Jesus mesmo sendo filho do Deus Altíssimo nos deu o maior exemplo de humildade, Ele poderia nascer em berço ouro, mas nasceu numa simples manjedoura. A manjedoura fala-nos do abnegado amor de Deus, que nos amou de tal maneira que nos deu o que tinha de melhor, seu único filho, nos deu a excelência do céu, para que pudéssemos viver uma vida bem-aventurada.

Natal, portanto, é muito mais do que festa gastronômica, muito mais do que confraternização familiar, mais que árvore de Natal e mesa farta, muito mais do que troca de presentes. Natal é a festa da salvação, é a soberana graça de Deus estendida a nós pecadores, é o Divino se fazendo humano, é o céu descendo a terra, é Deus tornando-se humano para suprir as necessidades desta humanidade. É Deus entrando em nossa história e vestindo a nossa pele para nos revelar o seu grandioso amor. Natal é Jesus vindo para perdoar aos homens necessitados da sua graça, como nós.

Na verdade, não havia lugar apropriado para o natal de Jesus em Belém, me parece que depois de dois mil anos continua não havendo lugar para Jesus em muitos lares e corações. Há lugar na sua vida para o natal de Jesus? Em seu casamento? Em sua família? em seus relacionamentos? Você já abriu o seu coração para ele? Ele é o amado da sua alma? Você já se refugiou nele e o recebeu como o seu salvador. Natal também é Jesus nascendo em nosso coração.

Pr. Hugo Wagner S. Melo

Comente usando o Facebook

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here