Publicidade

O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, inspecionou, nesta quarta-feira (1), as obras da Escola Cidadã Integral Técnica de Campina Grande. As obras estão em ritmo acelerado e deverão ser concluídas em março de 2018. O Governo do Estado, por meio da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento (Suplan), está investindo mais de R$15 milhões no equipamento.

A escola terá 12 salas de aula, auditório com capacidade para 201 pessoas, laboratórios de línguas, informática, física, química, biologia e matemática, informática com programas específicos de cada curso, biblioteca, sala multimídia para professores, refeitório, cantina, cozinha industrial completa, sala para o grêmio estudantil, oficina de manutenção, anfiteatro, ginásio poliesportivo completo, centro de vivências, quadra poliesportiva e outras dependências.

João Azevêdo ressalta o comprometimento do Governo em investir na educação do Estado. “Já foram construídas seis escolas técnicas em todo o estado e estão sendo erguidas mais quatro em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O Governo do Estado entra com uma contrapartida grande, de cerca de R$ 9 milhões exatamente porque sabemos da importância de se investir em educação, porque as escolas técnicas preparam a nossa juventude para a disputa no mercado de trabalho”, destacou.

O secretário João Azevêdo lembrou que o Governo do Estado já construiu escolas técnicas nos municípios de Campina Grande, João Pessoa, Cajazeiras, Mamanguape, Cuité, Bayeux e São Bento, e mais quatro estão em construção nos municípios de Serra Branca, Guarabira, Patos, Sousa e Itaporanga. Onze mil alunos da rede estadual de ensino encontram-se matriculados em cursos técnicos de formação e qualificação profissional.

Comente usando o Facebook

Publicidade