Publicidade

Dez jovens da unidade socioeducativa Semiliberdade, da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice Almeida’ (Fundac), iniciaram nesta terça-feira (30) o Curso Prático de Manutenção de Microcomputadores.

Dez jovens da unidade socioeducativa Semiliberdade, da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice Almeida’ (Fundac), iniciaram nesta terça-feira (30) o Curso Prático de Manutenção de Microcomputadores. O curso faz parte de mais uma edição do Projeto e-Saber, de inclusão digital e social do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). O curso será composto por 15 aulas, sendo duas por semana das 13h às 16h. No encerramento, os participantes receberão um kit de ferramentas como incentivo para o empreendedorismo. Essa é também uma ação do Eixo Profissionalização da Fundac sob a coordenação de Silvana Cibele e Céu Cabral na assessoria técnica.

A abertura aconteceu no auditório da Escola Judicial pelo vice-presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região), desembargador Wolney de Macedo Cordeiro.

O projeto, que está inserido no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil na Paraíba, promove oportunidade na área de tecnologia da informação para adolescentes. Parceiro importante da Fundac, o TRT nesta edição beneficiará jovens e adolescentes que estão em atendimento pela Fundação em regime de semiliberdade.

O vice-presidente do TRT destacou a importância desta parceria e disse que o trabalho é feito por pessoas abnegadas da instituição. Ele incentivou os jovens e disse acreditar que é possível que esse curso desperte em muitos um interesse pela profissão. “Vocês são bem vindos. Isso aqui é feito de coração e espero que todos vislumbrem uma profissão”, declarou Wolney Cordeiro.

Davi Lira, diretor da Semiliberdade, falou da importância da informática para o mercado de trabalho e pediu para que todos abraçassem o curso e se empenhassem. “Vamos mostrar que o Tribunal está fazendo a diferença na vida de vocês”, disse. Ele destacou também que o presidente da Fundac, Noaldo Meireles, tem feito de tudo pra minorar as dificuldades e fazer com que muitos possam se inserir no mercado de trabalho.

– As aulas do Curso Prático de Manutenção de microcomputadores serão ministradas na Escola Judicial do TRT pelo servidor Ericson Benjamim Melo de Arruda, do Núcleo de Atendimento ao Usuário da Setic. O objetivo é proporcionar formação técnico-profissional que favoreça o ingresso no mercado de trabalho, ofertada em condições adequadas à aprendizagem profissional na área, e, assim, colocar os internos da instituição próximos de serem reintegrados à sociedade em condições de buscarem o mercado de trabalho.

ClickPB

Comente usando o Facebook

Publicidade