sexta-feira, março 1, 2024
spot_img
HomeDestaqueUFPB oferece 100 vagas para curso de formação de instaladores de sistemas...

UFPB oferece 100 vagas para curso de formação de instaladores de sistemas fotovoltaicos

O Centro Profissional e Tecnológico – Escola Técnica de Saúde (CPT-ETS) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) abre, a partir da próxima terça-feira (9), as inscrições para 100 vagas no curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) – Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis (Instalador de Sistema Fotovoltaico), ofertado por meio da Chamada Pública Qualifica Mais EnergIFE, fomentado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (SETEC-MEC). 

As inscrições estarão abertas até 19 de janeiro e devem ser realizadas pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), da UFPB. Não será cobrada taxa de inscrição.  

Para inscrever-se, é necessário ter mais de 18 anos e possuir o Ensino Fundamental I (1º ao 5° ano) completo. Do total de oportunidades ofertadas, 20% serão reservadas para mulheres. As vagas que não forem preenchidas pelas candidatas serão destinadas aos demais participantes, do mesmo modo que, se o número de inscritas for superior ao das vagas reservadas, as candidatas excedentes disputarão na ampla concorrência.  

De acordo com a diretora do CPT-ETS, professora Soraya Pereira, a formação será oferecida, mais uma vez, por meio de uma parceria entre esta unidade e o Centro de Energias Alternativas e Renováveis (CEAR/UFPB). “Essa é a primeira parceria em que a educação profissional da UFPB, em articulação com outro centro, oferta um curso de curta duração e de grande impacto para a sociedade paraibana”, observa a diretora.  

O curso será na modalidade presencial, composto por duas turmas de 50 alunos cada, sendo 10 vagas reservadas para mulheres em cada turma, com carga horária de 200h ao todo.  

Está previsto o pagamento de auxílios-alimentação e transporte aos estudantes matriculados. O discente receberá o valor de R$2,50 a cada hora-aula concluída, totalizando R$ 500, valor que corresponde à carga horária completa do curso. O aluno precisará ter frequência igual ou superior a 75% para receber o benefício.  

As aulas serão no período noturno durante a semana e diurno aos sábados, com previsão de 4 meses de duração. O curso ocorrerá, preferencialmente, nas terças e quintas, das 18h às 22h. Aos sábados, as aulas serão das 8h às 12h e das 13h às 17h.  

A classificação dos candidatos para as vagas será baseada na pontuação dos inscritos e calculada com base nos documentos enviados no ato da inscrição, conforme descrito no edital.  

Os candidatos que terão prioridade nas vagas do curso FIC Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis são os estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da Educação de Jovens e Adultos (EJA); trabalhadores; beneficiários dos programas federais de transferência de renda; estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral; além de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar com registro de ocorrência policial e pessoas com deficiência.  

Caso ocorra empate na pontuação, o critério de desempate será a idade dos candidatos. Se o empate persistir, a decisão final será tomada a partir de um sorteio, transmitido por link disponibilizado no edital, no site do CPT-ETS/UFPB. Os resultados preliminar e final da seleção serão liberados nos dias 05 e 09 de fevereiro, respectivamente.  

O curso possui como objetivo proporcionar o domínio de conteúdos, conceitos, metodologias e práticas voltadas para o segmento de energias renováveis, com vistas à formação e qualificação de um profissional com melhores condições para atuação como Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis (Instalador de Sistemas Fotovoltaicos). O início das aulas está previsto para o dia 27 de fevereiro.  

Para a vice-diretora do CPT-ETS, professora Fábia Sales, o curso FIC de Eletricistas de Sistemas de Energias Renováveis é uma oportunidade para os interessados se qualificarem no setor das energias renováveis, que atualmente demanda cada vez mais profissionais especializados. 

“Fazemos uma avaliação extremamente positiva das primeiras turmas que tivemos, tanto pela procura, o que pode ser constatado pelas 483 inscrições na seleção anterior, como pelos resultados que atingimos com as 100 vagas ofertadas no ano passado, que apresentaram uma taxa de conclusão acima de 90%”, disse a docente.  

Mais informações sobre a seleção poderão ser obtidas pelo e-mail [email protected] 

Comente usando o Facebook

DESTAQUES
spot_img
spot_img

Popular