sábado, fevereiro 24, 2024
spot_img
HomeGeralCantor MC Paiva é detido em São Paulo

Cantor MC Paiva é detido em São Paulo

O cantor de funk MC Paiva foi detido durante uma abordagem policial na noite de terça-feira (7) em São José dos Campos (SP).

Um vídeo publicado, por volta da meia-noite, pela produtora mostra o momento da abordagem (veja acima). Dois policiais estão em cima do cantor enquanto tentam detê-lo.

Segundo o boletim de ocorrência, os policiais militares realizavam uma fiscalização na Rua Gisele Martins no cruzamento com a Rua José dos Campos, quando avistaram um veículo conversível preto trafegando pela Rua João Adão, aparentemente sem as placas de identificação.

Quando decidiram parar o carro, o artista teria arrancado bruscamente com o sinal ainda vermelho e bateu na lateral esquerda da viatura policial, impedindo o imediato desembarque do motorista da viatura, que ficou com a porta travada pela porta frontal do veículo.

Cantor MC Paiva, em foto publicada em 21 de outubro de 2022 — Foto: Reprodução/Instagram

Quando o cantor saiu do veículo, os policiais falaram para Paiva colocar as mãos acima da cabeça a fim de ser realizada a revista pessoal, porém o artista resistiu a abordagem, “fazendo com que os policiais precisassem usar força moderada para contê-lo”, informou o boletim de ocorrência.

O documento também aponta que a polícia realizou uma revista no carro e localizou uma garrafa de bebida alcoólica.

Apesar do boletim de ocorrência citar que o cantor admitiu ter bebido, a polícia não submeteu MC Paiva ao bafômetro. A defesa do cantor também nega que ele tenha bebido.

O caso foi registrado como desacato no 3° Distrito Policial de São José dos Campos. O artista foi liberado durante a madrugada desta terça.

O que diz a defesa do MC

Via Instagram, o advogado do artista, Marco Antonio Pereira de Souza Bento, afirmou que Paiva não apresentou reação durante a abordagem, enquanto os policiais usaram força física excessiva e rígida na região do pescoço e cabeça, “onde poderia ter causado asfixia ao cantor”.

O g1 entrou em contato com Marco Antonio Pereira para saber sua versão sobre o ocorrido, e o advogado novamente questionou a ação da PM.

“Não foi uma abordagem de rotina. Foi uma abordagem incoerente e excessiva porque ele estava com um carro de luxo. Essa conduta precisa ser investigada porque houve abuso de autoridade”.

O defensor também questionou a informação da polícia de que Paiva teria provocado uma batida na viatura. “Ele foi cortado pelos policiais e não conseguiu evitar a colisão.”

O funkeiro é conhecido pelas músicas como ‘Casei com a Putaria’ e ‘Bandido não dança’.

ClickPB

Comente usando o Facebook

DESTAQUES
spot_img
spot_img

Popular