DANOS MORAIS: Sikêra Jr. é condenado a pagar R$10 mil a marido de Xuxa após chamá-lo de ‘jugolô’

O apresentador Sikêra Jr., foi condenado, juntamente com a Rede TV!, a pagar um valor de R$ 10 mil, de forma solidária, ao ator Junno Andrade, marido da apresentadora Xuxa Meneghel.

A decisão partiu da 10ª Vara Cível de São Paulo, tomada pelo juiz Guilherme Duran Depieri. A ação por danos morais foi movida pelo advogado de Junno, Carlos Fernando Neves Amorim, em novembro de 2020, após Sikêra Jr. fazer ataques contra o ator e Xuxa.

“E tem lá também o ‘jugolô’, não faz nada na vida. É o que está ligando para todo mundo pedindo para meter o pau em mim. Não vive de outra coisa, na asa. Já tentou de tudo, não consegue fazer sucesso”, disse o apresentador sobre Junno.

Na decisão, o juiz considerou o conteúdo como ofensivo, “depreendendo-se dos próprios termos empregados, como o trocadilho ‘jugolô’, ‘não faz nada na vida’, ‘vive na asa’. Expressões de conteúdo claro e notório, dispensando maiores digressões a respeito”.

O apresentador e a emissora ainda podem acionar recurso, no entanto, procurados pelo F5, ainda não responderam sobre o caso.

Fonte: Polêmica Paraíba

Comente usando o Facebook