Denúncia envolvendo negociação da fazenda Cuiá cita substituta de Luciano Agra em JP.

Denúncia envolvendo negociação da fazenda Cuiá cita substituta de Agra em JP; Estelizabel tem só alguns dias para se defender de acusações.

Substituta do prefeito Luciano Agra na disputa pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, a Secretária de Infraestrutura Estelizabel tem menos de 15 dias para apresentar a defesa no processo do escândalo da Fazenda Cuiá.Tudo porque a secretária é um dos alvos do Tribunal de Contas do Estado no processo que versa sobre a desapropriação da Fazenda Cuiá, localizada no bairro Valentina Figueiredo.

Agora, a pré-candidata tem menos 15 dias para se defender da acusação de suposta ilicitude da negociação. O prazo foi prorrogado pelo próprio TCE. A gestão socialista é acusada de pagar R$11 milhões pela fazenda às vésperas das eleições de 2010.

A denúncia foi formalizada, na época, pelo funcionário da Prefeitura de João Pessoa, Gustavo Pessoa, então membro da Comissão de Avaliação, responsável pela desapropriação da fazenda Cuiá, que viu indícios de superfaturamento do terreno.

Assim como Manoel Junior, Estelizabel pode ser prejudicada pelo simples fato de ter o nome citado em algo que, mesmo sem provas, parece ser ilícito. Manoel Junior foi descartado do Ministério do Turismo por ter o nome citado na CPI da Pistolagem e a secretária da PMJP pode ter o nome excluído por também não ser um nome de consenso.  Pbagora.

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress