quinta-feira, junho 13, 2024
spot_img
HomeGeralGoverno Federal decreta estado de emergência em todo o Brasil e Paraíba...

Governo Federal decreta estado de emergência em todo o Brasil e Paraíba adota ações para conter gripe aviária

O governo da Paraíba decretou estado de emergência e adotou ações devido possíveis casos de gripe aviária no estado. O governador João Azevêdo tranquilizou a população de que não há ainda registro de casos na Paraíba e ele segue orientação do governo federal.

“A Sudema  já tomou todas as providências e já soltou uma nota dizendo como a população deve proceder se encontrar uma ave dessas, de não tocar, não se aproximar  e fazer a notificação para o serviço para que a gente possa evitar uma contaminação”, afirmou o governador.

O Ministério da Agricultura e Pecuária já declarou estado de emergência zoossanitária em todo o território nacional devido a casos de gripe aviária detectados em aves silvestres.

A medida pretende evitar que a doença chegue à produção de aves de subsistência e comercial, além de preservar a fauna e a saúde humana. Ainda segundo o ministério, a declaração de estado de emergência zoossanitária possibilita a mobilização de verbas da União e a articulação com outros ministérios, organizações governamentais nas três instâncias e não governamentais.

A gerente executiva da Defesa Agropecuária, Girlene Alencar, afirmou que os casos relatados no país se tratam de aves silvestres, logo o risco é menor do que em casos de aves comerciais e garantiu que a Paraíba está alerta diante da situação. Ela ainda comentou que, na última terça-feira (23), aves foram encontradas mortas no estado e a Defesa Agropecuária foi chamada.

“Esta semana fomos acionados pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) para verificar umas aves encontradas mortas. Fizemos coletas de sangue e enviamos análises para o Laboratório Federal de Defesa Agropecuária para ser detectado se elas morreram de influenza aviária ou outra doença. No momento, estamos aguardando o resultado”, disse.

A Sedap vem se reunindo rotineiramente, desde o ano passado, com o Ministério da Agricultura e Pecuária, após ser detectada a influenza aviária em aves migratórias na Colômbia e no Chile, para traçar as providências para lidar com esta doença. “Já em abril deste ano, realizamos em Campina Grande um encontro com produtores de aves onde foram orientados sobre o que é necessário para controlar o risco da influenza aviária”, explicou ressaltando que a Paraíba se mantém atenta as informações e tomando medidas preventivas.

ClickPB

Comente usando o Facebook

DESTAQUES
spot_img
spot_img

Popular

plugins premium WordPress