Juíza determinada retirada de vídeos após candidato à Prefeitura de Patos chamar oposição de ‘mundiça’

Também na publicação nas redes sociais de Ramonilson, ele chama a coligação de “Turma da Corrupção” e de “Gente desesperada que não merece um real de crédito”.

A juíza da 28ª Zona Eleitora, Anna Maria do Socorro Hilário Lacerda, determinou que o candidato a prefeito de Patos, Juiz Ramonilson, retire vídeos nos quais chamou o candidato também à Prefeitura de Patos, Nabor Wanderley e seus apoiadores de “mundiça”. Também na publicação nas redes sociais de Ramonilson, ele chama a coligação de “Turma da Corrupção” e de “Gente desesperada que não merece um real de crédito”.

Na decisão Anna Maria determinou a retirada do vídeo dos perfis do Instagram e Facebook do candidato e o proibiu de realizar novas postagens sob multa de R$ 20 mil.

O candidato tem um prazo de 48 horas para cumprir a determinação.

ClickPB

 

Comente usando o Facebook