Ministério Público do Trabalho fiscaliza uso de agrotóxicos em sítio na Paraíba após funcionária ser socorrida desmaiada

Inicialmente, a PRF informou que 14 trabalhadores foram resgatados em situação semelhante à escravidão, o que foi desmentido pelo MPT-PB.

O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) fiscalizou um sítio em Boqueirão, na Paraíba, onde duas funcionárias passaram mal e uma delas foi socorrida desmaiada após manuseio de agrotóxicos. A operação do MPT-PB contou com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF-PB). Inicialmente, a PRF informou que 14 trabalhadores foram resgatados em situação semelhante à escravidão, o que foi desmentido pelo MPT-PB.

Segundo o Ministério Público do Trabalho na Paraíba informou ao ClickPB, chegou ao órgão uma denúncia sobre problemas com o uso de agrotóxicos no sítio para pulverização da plantação.

As primeiras informações são de que as trabalhadoras fizeram a denúncia sobre o manuseio irregular dos agrotóxicos durante o socorro que receberam após passar mal.

ClickPB

Comente usando o Facebook