Publicidade

A agricultora Maria Eduarda Pereira da Silva, 56 anos, morreu no fim de semana em decorrência de uma picada da cobra Jararaca. O caso aconteceu na cidade de Areial, no Agreste paraibano.

De acordo com a família, a vítima estava no quintal quando foi picada pela cobra no Sítio Mucuim, zona rural de Areial.

Desesperados, os parentes foram até o centro da cidade a procura de uma ambulância para o socorro, mas como tinha o veículo, Maria Eduarda foi levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande em uma viatura da Polícia Militar.

Ela não resistiu as consequências da picada da cobra e morreu horas depois de dar entrada na unidade. A família acusou a Prefeitura de Areial pela negligência no socorro da vítima.

Em nota postada no Facebook, a Prefeitura disse que na hora ocorrido a ambulância estava prestando atendimento, o que impossibilitou o socorro. Entretanto, o Setor de Transporte do governo municipal ainda tentou socorrer a mulher, mas ela já estava em deslocamento.

PBHoje

Comente usando o Facebook

Publicidade