Polícia Ambiental autua bares e restaurantes por poluição sonora e aplica quase R$ 45 mil em multas durante operação na Paraíba

A operação teve como objetivo evitar aglomerações, fiscalizar bares e restaurantes e intensificar o combate aos crimes de poluição sonora.

O Batalhão da Polícia Ambiental aplicou 11 autos de infração durante a Operação Previna-se que aconteceu da última sexta-feira (12), até esta quarta-feira (17), na Paraíba. A operação teve como objetivo evitar aglomerações, fiscalizar bares e restaurantes e intensificar o combate aos crimes de poluição sonora.

Das 11 infrações, seis delas foram por poluição sonora e cinco por funcionamento de estabelecimentos potencialmente poluidores (bares/restaurantes com música ao vivo ou som mecânico) sem a devida licença ambiental.

Quatro autos foram no município de Baía da Traição, um no município de Lucena e o outro em Jacumã, somando R$ 35 mil em multas aplicadas. Já os autos de infração por falta de licença ambiental, todos foram lavrados em João Pessoa e somaram um total de multas no valor de R$ 9.500, totalizando uma aplicação de R$ 45 mil em multas durante os seis dias dedicados à Operação Previna-se.

ClickPB

Comente usando o Facebook