Policial Militar da Paraíba morre vítima de Covid-19 e comandante geral lamenta perda: ‘doença traiçoeira que vem ceifando vidas’

A previsão é que o sepultado ocorra neste sábado (20), no Cemitério Santo Antônio, no bairro de Monte Castelo.

O subtenente da Polícia Militar da Paraíba, Valdery Benício de Sá, de 50 anos, que morava em Patos, no Sertão paraibano, morreu vítima de Covid-19 na sexta-feira (19). Ele estava internado há 24 dias no Hospital das Clínicas, no município de Campina Grande, no Agreste paraibano, mas não resistiu à doença.

O policial era casado e deixa três filhos. A previsão, de acordo com informações apuradas pelo ClickPB, é que o sepultado ocorra neste sábado (20), no Cemitério Santo Antônio, no bairro de Monte Castelo, em Patos, município onde residia e trabalhava em Santa Luzia.

Nas redes sociais, o comandante da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, lamentou a perda. “Sertanejo, homem do bem, bravo, lutador, jovem, saudável, mas infelizmente não resistiu a essa doença traiçoeira que vem ceifando vidas e marcando famílias pela dor da perda dos seus entes queridos”, comentou, como o ClickPB apurou.

ClickPB

Comente usando o Facebook