Publicidade

Caso foi registrado na Escola Municipal Dirce Espínola Najas, em Birigui (SP). Processo administrativo deve ser aberto nos próximos dias, segundo a Secretaria Municipal de Educação.

A prefeitura de Birigui (SP) vai abrir sindicância para apurar a entrega de uma tirinha da Magali com adulteração pornográfica como lição de casa para crianças, de 8 anos, em uma sala de aula da Escola Municipal Dirce Espínola Najas.

O caso causou indignação de pais e moradores, que fizeram publicações em redes sociais

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, o prefeito acatou nesta segunda-feira (15) o parecer da Secretaria de Negócios Jurídicos, que apontou a necessidade da abertura do processo administrativo nos próximos dias.

Segundo o órgão, a sindicância será realizada com base no testemunho dos servidores envolvidos no caso. A professora que entregou a tirinha continuará dando aula normalmente.

Ainda segundo a Secretaria Municipal de Educação, que confirmou a entrega da tirinha na unidade de ensino, uma reunião foi feita na noite de segunda-feira (8) com os pais dos alunos da sala em que a profissional aplicou a tarefa.

A professora reconheceu o erro, assumiu que entregou a tirinha sem ler o conteúdo e pediu desculpas, frisando que não tinha o objetivo de abordar esse tipo de assunto.

G1 apurou que a imagem foi possivelmente baixada de uma página de um site que a publicou em 2012. (Veja, abaixo, a tirinha original).

 
 
Tirinha correta feita por Maurício de Sousa — Foto: Reprodução/Internet

Tirinha correta feita por Maurício de Sousa — Foto: Reprodução/Internet

G1
 

Comente usando o Facebook

Publicidade