Ari, do PDT, prefeito eleito de Riachão do Bacamarte, diz que recebeu o município em péssimas condições

Em entrevista ao Blog do Edil Francis, o prefeito eleito do município de Riachão do Bacamarte, Ari do PDT, fez um relato da forma como recebeu as instalações, equipamentos, departamentos, escolas, frota de veículos e postos de saúde da cidade.
Ele afirmou que a situação é degradante em todos os sentidos. Para se ter uma ideia não aconteceu uma transição correta, o que se teve foram duas reuniões de no máximo duas horas.Não foi repassado documentos necessários, informações sobre folha de pagamento, cadastro dos servidores e dados sobre as finanças do município.
Ari garante que encontrou os armários com pastas e arquivos da prefeitura jogados às traças. Desde então a equipe tem se esforçado para reunir e reorganizar tudo para que possa ter um diagnóstico da situação atual da municipalidade.

Para ele é um grande desafio, mas diz que todos estão focados e a obrigação é ajeitar toda a bagunça que foi deixada.
O prefeito eleito adiantou que não pode negar e o povo precisa saber que herdou da gestão anterior muitas dívidas e está trabalhando para resolver e que a situação é tão complicada que a própria prefeitura está completamente destruída, estamos sem condições de atender as pessoas com dignidade.

As instalações elétricas, hidráulicas, armários, mesas, cadeiras, paredes e demais espaços físicos estão destruídos e tudo tá registrado com fotos e imagens e está aqui para todo mundo ver. Foi dito que fizeram uma grande reforma no prédio da prefeitura, mas o que passaram foi no máximo, uma mão de cal para enganar a população, mas o interior do prédio está um lixo.

Disse ainda Ari, “Já autorizamos um levantamento das condições do prédio e um engenheiro, juntamente com um arquiteto, já estão autorizados a promover uma reforma de verdade do edifício e recuperá-lo.
“Não vou decepcionar este povo, o Riachão vai voltar a ter uma prefeitura de vergonha e os servidores terão mais condições de fazer o seu trabalho e com dignidade”.
A situação das instalações de atendimento da saúde no município é muito preocupante tem muita coisa que precisa ser recuperada. As escolas municipais da mesma forma, precisam urgentemente de reformas e melhoramentos, as condições para alunos e professores são as piores possíveis.
Já a frota de veículos da prefeitura está completamente sucateada, precisando urgente de uma renovação e reparos para melhor servir a população. São carros sem pneus, sem para choques ambulância quebrada, enfim a situação é terrível.
O gestor afirmou que povo precisa saber que tem quatro obras com dinheiro do Governo Federal, via Caixa Econômica, que estão paradas, porque a gestão anterior não fez.
Tem uma praça, a reforma de um campo de futebol, obras de calçamentos e inclusive o recurso que veio para a cultura local, para ser repassado aos artistas. O dinheiro foi devolvido porque a gestor anterior não se providenciou a regularização e a prefeitura ainda tenta um recuperar esta verbas juntos aos órgãos competentes.
O prefeito também chamou a atenção para uma obra de uma Escola Padrão no valor de R$ Um Milhão de Reais, dinheiro liberado pelo FNDE, eles gastaram aproximadamente R$ 200 Mil Reais e deixaram a obra abandonada e da mesma forma uma quadra esportiva.
O prefeito Ari disse também, que está tentando repactuar estas verbas para poder entregar as obras para a população, para isso já entramos em conato com o Senador Veneziano Vital do Rêgo, para o ajudar, a ajudar o povo do Riachão do Bacamarte.
Ele concluiu dizendo, “Mas não há de ser nada, vamos arregaçar as mangas e trabalhar é isso que o povo exige da gente e costumo dizer sempre, vamos fazer em 4 anos o que eles não fizeram em 16. A verdade é que neste tempo passado a cidade parou e nós temos o dever de resgatar o orgulho desse povo do Riachão e recuperar a nossa autoestima. Foi para isso que fomos eleitos.”

Blog do Edil Francis

 

Comente usando o Facebook