Publicidade

Sr. Félix, pai do garoto morto no acidente de moto, falando à multidão ao lado do caixão de seu filho momentos antes de sepultá-lo, lembrou de sua convivência familiar, do seu jeito de ser, dos seus planos, de sua dor, e apelou aos amigos motoqueiros e jovens presentes ao enterro: “à turma da velocidade, que tivessem muita atenção, muito cuidado, para não acontecer com vocês o que aconteceu com meu filho” – Em seguida agradeceu a todos que compareceram para o sepultamento de seu filho. 

Na saída do cemitério, ao receber as condolências, Felix comentou ainda que espera que os familiares do casal falecido  não guardem raiva dele devido à fatalidade, que ele não tem culpa. Afinal sua dor está sendo igual a deles.

Ingá Cidadão 

   

Comente usando o Facebook

Publicidade