INGÁ AVANÇA: Oxi-sanitização, limpeza e ar puro para seu veículo e ambientes livres de bactérias, odores, fungos e vírus. Conheça a JMIX

UM SERVIÇO DE 1º MUNDO CHEGA À INGÁ E REGIÃO

Não é um simples lava jato, é algo muito mais avançado e evoluído. ESTÉTICA AUTOMOTIVA  e SANITIZAÇÃO DE AMBIENTES.

Nestes tempos de pandemia e enfrentamento de vírus mortal é essencial os cuidados com a higienização pessoal, bem como com veículos utilizados na rotina de idosos e crianças, carros que transportam pessoas diariamente como taxis e de órgãos públicos, além de motos e estofados em geral.

O serviço que utiliza bactericida e ozônio é extensivo a ambientes fechados de até 480 metros cúbicos, tais como escritórios, repartições públicas, cômdos residenciais e salas comerciais, entre outros.

Confira alguns dos serviços oferecidos:

A JMIX está instalada na rua Ludovico de Melo Azedo ( bairro da Senzala), ao lado da Pousada Fetiche, em Ingá. Ainda oferece um ambiente especial reservado ao cliente com frigobar, enquanto aguarda a conclusão do serviço.

Ligue 83 9 9116-3147 para informações mais detalhadas ou faça uma visita para conhecer pessoalmente os serviços oferecidos, os modernos equipamentos e produtos de extrema qualidade utilizados.

 

Oxi-sanitização: saiba o que é e quais são os benefícios desse processo!

Quem não quer o carro limpinho e cheirando bem, não é? É comum que os proprietários mais cuidadosos estejam frequentemente lavando, aspirando e encerando o carro.

Mas você já se questionou sobre a qualidade do ar interno do carro ou a proliferação de bactérias e fungos nos bancos e em outras pequenas partes do automóvel?

Vamos falar sobre a oxi-sanitização, uma técnica de limpeza automotiva com ozônio, que tem como objetivo tirar cheiros desagradáveis do veículo, eliminar bactérias, vírus e fungos em geral e melhorar a qualidade do ar.

O que é a oxi-sanitização?
É um processo de higienização industrial que foi adaptado para a área automotiva. É usado para a limpeza do ar-condicionado e remoção do mau cheiro na parte interna do veículo. O ozônio é um gás natural, que tem efeito germicida e é eficiente na destruição de vírus, bactérias e fungos.

De acordo com Marcos de Carvalho, doutor em genética e biologia molecular, em matéria publicada no site Estadão, esse tipo de limpeza é comum em hospitais e lavanderias.

No processo, o ozônio é aplicado de forma direta e em altas concentrações, o que aumenta a eficiência da desinfecção. “É bom eliminar essas partículas periodicamente, principalmente em carros de famílias que têm crianças e idosos, mais suscetíveis a infecções oportunistas”, diz Carvalho.

Como ela funciona?
Para realizar a oxi-sanitização é utilizada uma máquina que produz gás ozônio a partir do oxigênio do ar, por meio de uma descarga elétrica. Uma máquina retira o oxigênio do ar-condicionado e libera moléculas de O3 (gás ozônio), que “matam” os micro-organismos.

Geralmente a máquina é acoplada ao acendedor do automóvel. O veículo precisa ficar com as portas e vidros fechados durante a execução do serviço.

É comum as pessoas falarem que o ar parece estar “mais leve” após o procedimento. Ao final do processo, após a eliminação de bactérias e micro-organismos, o ozônio se converte em oxigênio novamente.

A oxi-sanitização leva em torno de 30 minutos para ser feita em qualquer tipo de carro e é uma tecnologia totalmente limpa, que dispensa o uso de produtos químicos.

Para que serve a limpeza com ozônio?
O principal motivo de quem procura por esse serviço de higienização automotiva é acabar com cheiros desagradáveis impregnados dentro do carro, principalmente cigarro e mofo. Além de resolver estes problemas citados, a oxi-sanitização ainda reduz a proliferação de fungos e bactérias.

Ou seja, ela é usada para tornar o ar do veículo mais limpo, retirar odores e tem ação germicida. No caso específico da limpeza do ar-condicionado, a oxi-sanitização é hoje o método mais eficiente, seguro e efetivo.

Vantagens da oxi-sanitização
1 Eliminação de odores
Cheiro de cigarro e mofo são os mais difíceis de serem retirados do carro. Com a oxi-sanitização esses odores podem ser totalmente eliminados. Para carros que pegaram enchentes, por exemplo, essa técnica já foi muito utilizada e se mostrou eficaz. Ou seja, a higienização automotiva com ozônio é recomendada para eliminar até cheiros mais fortes.

2 Redução de micro-organismos
Assim como a ozonioterapia, terapia com ozônio realizada para auxiliar no tratamento de alguns problemas de saúde, a oxi-sanitização tem efeito germicida e reduz a proliferação de agentes contaminantes. O oxigênio do ar-condicionado também terá muito mais qualidade e vai auxiliar na prevenção de prejuízos à sua saúde e de sua família.

Vale lembrar que a oxi-sanitização não é um tratamento de saúde, mas uma forma de prevenir doenças por poluição do ar e também a contaminação por micro-organismos. Além de carros que transportam idosos e crianças, ela é muito bem-vinda para pessoas que sofrem de problemas respiratórios crônicos, como rinite e sinusite.

3 Tecnologia limpa
Estamos vivendo uma era em que é preciso buscar cada vez mais tecnologias eficientes, de alta qualidade e com pouco ou nenhum impacto ambiental. A oxi-sanitização está dentro de todos estes parâmetros. É uma tecnologia totalmente limpa, que não gera nenhum tipo de resíduo.

Como não são usados produtos químicos, não é necessário cuidado ou tratamento dos rejeitos. Além disso, ela funciona de forma muito simples e, se aplicada corretamente, tem alta eficácia.

De quanto em quanto tempo ela deve ser feita?

Existe um período certo para fazer a oxi-sanitização no veículo? Depende de alguns fatores. Se a cidade não apresenta elevados níveis de poluição, o procedimento pode ser feito a cada 3 meses. Em cidades muito poluídas o indicado é a cada 45 dias.

A maneira como o carro é utilizado também pode alterar o tempo. Se fumam dentro do carro ou se o carro pegou chuva na parte interna, por exemplo, é importante fazer com frequência. Automóveis que transportam crianças, idosos ou pessoas com problemas respiratórios devem receber mais atenção.

Carros utilizados para fins comerciais, como Uber, também podem tirar um proveito maior desta tecnologia, garantindo melhor qualidade do ar e livre de cheiros desagradáveis para os passageiros. (Maquinaria.com.br)

Inga Cidadão indica

 

Comente usando o Facebook