sábado, março 2, 2024
spot_img
HomePolicialApós preso, policial do Ceará acusado de matar jovem em Uiraúna, disse...

Após preso, policial do Ceará acusado de matar jovem em Uiraúna, disse que tentou defender a esposa de assalto

O policial militar Yuri Vieira Alves, de 28 anos, acusado de matar a tiros o jovem Ramón Pedro de Sousa, 25 anos, alegou que agiu em legítima defesa. O acusado se entregou as autoridades policiais nesta terça-feira (6), em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, como noticiou o ClickPB.

Policial militar do Ceará suspeito de matar estudante no Sertão da Paraíba é identificado, mas segue foragido

Yuri Vieira Alves é policial militar do Ceará, o agente público de segurança é acusado de matar a tiros Ramón Pedro de Sousa, crime ocorrido no dia 4 de dezembro, em Uiraúna. O crime foi registrado por câmeras de segurança.

Jovem de 25 anos é assassinado com disparos de arma de fogo após sair de festa, no Sertão da Paraíba

Conforme apurou o ClickPB, após se entrar na Central de Polícia Civil de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, Yuri Vieira Alves teria alegado em seu depoimento que agiu em legítima defesa após reagir uma atitude suspeita da vítima.

Policial militar do Ceará suspeito de assassinar estudante em Uiraúna se entrega à polícia da Paraíba

“Ele falou quem não conhecia a vítima, apenas suspeitou que Ramón iria roubar sua esposa que estava na rua, por isso, decidiu agir daquela forma”, relatou o delegado Rafael Bianchi.

As duas mulheres que aparecem no vídeo, já foram ouvidas pelo delegado e liberadas. Elas informaram que desconhecem qualquer relação entre o acusado e a vítima. Uma das mulheres é esposa do acusado.

Yuri Vieira deve passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (6), em Cajazeiras.

ClickPB

Comente usando o Facebook

DESTAQUES
spot_img
spot_img

Popular