Publicidade

Suspeitos presos seriam responsáveis por assaltos e sequestros na Grande João Pessoa e foram presos na Capital durante operação da PM

A Polícia Militar prendeu, na noite desta sexta-feira (10), dois suspeitos de envolvimento em vários assaltos a residências na Região Metropolitana de João Pessoa. A dupla suspeita, que chegava a sequestrar as vítimas durante as ações criminosas, foi interceptada durante a 35ª Operação Impacto, no bairro de Jaguaribe, na Capital. Um deles era procurado pela justiça do estado do Acre.

O último crime praticado pelos suspeitos foi na noite da última segunda-feira (6), em uma casa na praia de Jacumã, no Litoral Sul, onde eles fizeram uma família refém e fugiram levando o carro com uma das vítimas, que foi abandonada no Colinas do Sul, em João Pessoa.

“Eles estavam circulando neste carro levado na última segunda-feira e tentaram fugir de uma blitz da Operação Impacto, da Polícia Militar, que estava acontecendo no bairro de Cruz das Armas, mas foram interceptados pelo BEPMotos (Batalhão Especializado em Policiamento com Motocicletas) no bairro de Jaguaribe, onde foi apreendido um revólver cal.38”, detalhou o subcomandante do 1º Batalhão, tenente-coronel M Lima.

Ainda segundo o oficial, no momento da abordagem estavam no carro os dois suspeitos e um adolescente. “O menor era filho de um dos suspeitos, mas não teria envolvimento com os casos, conforme ele alegou e foi confirmado pelos suspeitos. O veículo já estava com placa clonada e nas casas deles, em Nova Mangabeira, na Capital, apreendemos um rifle aferrolhado com cano cerrado, um simulacro e recuperamos vários objetos dos crimes praticados pela dupla”, completou. Os presos foram apresentados na Central de Flagrantes, no Geisel, em João Pessoa.

Operação Impacto

A Polícia Militar está reforçando as ações de segurança neste fim de semana, em todo o estado. O trabalho começou na noite dessa sexta-feira (10), com a deflagração da 35ª edição da Operação Impacto, que atua com mais de 550 policiais e 195 viaturas.

“O objetivo principal é a prevenção dos crimes contra a vida e os roubos, ocupando áreas mapeadas e indicadas pelas Coordenadorias de Inteligência e Estatística da corporação”, disse a PM.

Serão mais de 35 cidades ocupadas, com reforço maior na Região Metropolitana de João Pessoa, com 245 policiais e 76 viaturas de reforço por causa do aumento de pessoas neste mês de férias.

Portalcorreio

Comente usando o Facebook

Publicidade