Publicidade

O major Alberto Filho, comandante da 2ª CIPM, informou ao ClickPB que Josenildo estava afastado das funções no Sistema Penitenciário há oito anos.

O ex-diretor da cadeia Pública de Rio Tinto foi assassinado a tiros no município do Litoral Norte paraibano. Josenildo Adelino de Farias, de 58 anos, foi baleado na tarde desta terça-feira (5).

O major Alberto Filho, comandante da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), informou ao ClickPB que Josenildo estava afastado das funções no Sistema Penitenciário há oito anos.

As primeiras informações sobre o crime são de que dois homens de capacete chegaram em uma motocicleta e abordaram a vítima. Um deles atirou na cabeça do ex-diretor e a dupla fugiu em direção a Mamanguape.

Josenildo estava sendo na calçada conversando com amigos quando foi assassinado. Os autores e o motivo do homicídio não foram revelados até o fim da tarde desta terça-feira.

ClickPB

Comente usando o Facebook

Publicidade