Polícia Federal e CGU deflagram operação contra fraudes no Incra e Dnocs na Paraíba

De acordo com as primeiras informações, os mandados estão sendo cumpridos em João Pessoa e no interior do Rio Grande do Norte.

A Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU) deflagraram nesta quarta-feira (25), uma operação contra fraudes no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e Prefeitura de Araruna, na Paraíba. De acordo com as primeiras informações apuradas pelo Portal ClickPB, os mandados estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em João Pessoa, Araruna, na Paraíba e Parnamirim, no Rio Grande do Norte.

Segundo a Polícia Federal, quatro servidores federais foram afastados e tiveram seus bens bloqueados.

A Operação Poço Sem Fundo foi autorizada pela Justiça Federal e apura crimes relacionados ao desvio de recursos públicos destinados à perfuração de poços e implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água na Paraíba.

Ainda de acordo com informações apuradas pelo Portal ClickPB, os contratos investigados e as dispensas de licitações gira em torno de R$ 54 milhões.

A investigação também apura o superfaturamento dos contratos, atos de corrupção passiva e ativa, e de lavagem de dinheiro mediante a utilização de contas bancárias de empresas interpostas para dissimulação de movimentações financeiras.

Participam da operação 70 policiais e sete auditores.

ClickPB

Comente usando o Facebook