Presa suspeita de matar mulher após ‘esbarrão’ em banheiro de bar em Cajazeiras

O caso ocorreu na madrugada da última segunda-feira.

A suspeita de ter matado a facadas uma mulher de 23 anos após um ‘esbarrão’ em um banheiro de um bar no município de Cajazeiras, no Sertão paraibano, foi presa na manhã desta quarta-feira (28), em Campina Grande, no Agreste paraibano. O caso ocorreu na madrugada da última segunda-feira.

Maria Isabele Oliveira de Melo, 24 anos, conhecida por “Galega da Asa”, foi levada para a Central de Polícia de Campina Grande após a prisão, como apurado pelo ClickPB. Ela é apontada como a autora da morte de Nikelly Bruna dos Santos Silva, 23 anos.

De acordo com informações, a vítima, que teria esbarrado na suspeita, sofreu três golpes da facas e ainda chegou a ser socorrida para o Hospital Regional de Cajazeiras, mas não resistiu e morreu. Maria Isabele já responde por outros crimes e usa tornozeleira eletrônica e disse na delegacia que matou após a vítima tentar agredi-la com pedradas.

ClickPB

Comente usando o Facebook