Publicidade

Um mototaxista clandestino suspeito de estuprar uma jovem de 19 anos em Campina Grande se entregou à polícia nesta terça-feira (23).

Ele estava escondido em uma casa no bairro do Mutirão, quando moradores souberam e entraram no imóvel e o agrediram com socos e pontapés.

Com medo de ser linchado, o suspeito correu até o posto policial do bairro pedindo ajuda. Ele foi levado para o Hospital de Trauma, onde foi atendido e em seguida conduzido para a Delegacia da Mulher.

Reginaldo Miranda de Lima, 31 anos, confirmou que esteve coma vítima na madrugada, mas nega que tenha praticado o estupro.

De acordo com a polícia, o acusado já reponde processo por porte ilegal de arma e foi identificado como sendo autor de assaltos seguidos de estupros de outras mulheres, que teriam reconhecido o suspeito na delegacia.

Paraíbaonline

Comente usando o Facebook

Publicidade