Suspeito de matar a companheira foge, bate carro e morre carbonizado no Paraná, diz polícia

Segundo a PM, carro pegou fogo após bater em uma árvore. Companheira tinha 25 anos e morreu baleada durante discussão em casa noturna, em Realeza.

 

Um homem, de 54 anos, morreu carbonizado após o carro dele pegar fogo na PR-281, em Salto do Lontra, no sudoeste do Paraná, no domingo (29). Segundo a Polícia Militar (PM), ele é suspeito de ter matado a companheira, de 25 anos, pouco tempo antes do acidente.

De acordo com a PM, o carro do suspeito bateu contra uma árvore durante a fuga do local do crime. Testemunhas relataram à polícia que o homem atirou contra a vítima durante uma discussão em uma casa noturna, em Realeza, também no sudoeste.

Conforme a polícia, o suspeito atirou pelo menos duas vezes contra a companheira. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas a jovem morreu no local.

A PM informou que soube do acidente do suspeito enquanto atendiam a ocorrência da vítima.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), com a batida, o carro ficou destruído pelo fogo às margens da rodovia.

Os corpos foram levados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Francisco Beltrão, também no sudoeste.

ClickPB

Comente usando o Facebook