Publicidade

O trio é conhecido mundialmente como “Canibais de Garanhuns”​,e são acusados de matar, esquartejar e consumir carne humana.

O trio de ‘canibais’ que vendiam coxinha de carne humana serão julgados dia 23 de novembro em Recife. Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, Isabel Cristina Torreão Pires e Bruna Cristina Oliveira da Silva, conhecidos mundialmente como “Canibais de Garanhuns”, são acusados de matar, esquartejar e consumir carne humana.

Eles confirmaram que mataram ao todo oito mulheres, uma delas na Paraíba, no ano de 2012, porém, apenas dois cadáveres foram encontrados até hoje com um terceiro caso confirmado. Os restos mortais das vítimas estavam enterrados no quintal da casa dos suspeitos, em Pernambuco.

Investigações constaram que elas foram assassinadas, esquartejadas e tiveram partes das carnes das coxas, pernas, braços, nádegas e fígado retiradas e consumidas. Há também a suspeita de que os acusados venderam salgados como coxinhas utilizando carne humana.

Além dos crimes, indícios constaram que o grupo morou no Conde, Litoral Sul da Paraíba.

A ação acontecerá no dia 23 de novembro, no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, na área central do Recife, em Pernambuco. O julgamento aconteceria inicialmente no dia 26 de abril deste ano, em Garanhuns, no Agreste pernambucano. Mas, a pedido da defesa, o Tribunal de Justiça do estado (TJPE) deferiu a solicitação e transferiu o julgamento para a capital pernambucana.

ClickPB

Comente usando o Facebook

Publicidade