Publicidade

Carlos Jordy, deputado do PSL do Rio, protocolou hoje na Câmara um projeto de lei que agrava a pena de denunciação caluniosa de crimes contra a dignidade sexual, informa o Estadão.

Caso o projeto seja aprovado, pessoas que fizerem acusações mentirosas sobre crime de estupro, por exemplo, poderão ter a pena aumentada em até um terço.

O contexto, claro, é a acusação de estupro contra Neymar, que está sendo investigada. Nas redes sociais, o projeto está sendo chamado de “Lei Neymar da Penha”.

O antagonista

Comente usando o Facebook

Publicidade