É contra Aguinaldo e ponto final

No domingo já ficou evidenciado. Ontem, veio a confirmação. A matéria do Jampa Digital tem um alvo específico: o cargo do ministro das Cidades, o paraibano Aguinaldo Ribeiro.Municiada por fontes locais, a imprensa nacional não se deu por vencida depois que tentou, durante o processo de nomeação, apear de todo jeito Aguinaldo do cargo.

Aposta agora num programa fartamente divulgado e não implantado para deletar a passagem de Aguinaldo do cargo.

No Congresso, partidos da oposição já se fizeram o metier. Pedido de auditoria protocolado e convocação do ministro.

Em João Pessoa, a própria prefeitura admite. O ministro das Cidades, apesar de já discutir o assunto quando secretário de governo estadual, chegou depois do processo licitatório e foi antes da liberação da verba.

Estão acusando-o de quê mesmo? E com base em quê?

A meu ver, apenas duas fontes poderiam acusar Aguinaldo com autoridade. E, se fosse o caso, apresentando provas: a prefeitura de João Pessoa ou o governador Ricardo Coutinho, que em viagem com a presidente Dilma tem sim o condão para enterra Aguinaldo ou defendê-lo. Deverá optar pela segunda opção, assim como fez o governador Eduardo Campos quando saiu em defesa do ministro de seu estado.

Fora Ricardo e a PMJP, o resto tem cara de ranço sulista e interesses vitais para grupos políticos locais.

Luís Tôrres

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress