segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
HomeGeralFim da apuração: Tese de candidatura própria no PT vence eleições em...

Fim da apuração: Tese de candidatura própria no PT vence eleições em João Pessoa.

A tese de candidatura própria do PT a prefeito de João Pessoa foi vitoriosa, ontem, no processo de escolha de 200 delegados petistas. No próximo domingo, eles vão reafirmar o resultado, que contempla o deputado Luciano Crtaxo como pre-candidato da legenda a prefeito da Capital.O grupo liderado por Luciano Cartaxo venceu a prévia com 261 votos de maioria. A candidatura própria obteve 1.487 votos e elegeu 110 delegados. A proposta de aliança com o PSB ficou com 1.226 votos e conseguiu eleger 90 delegados.

Luciano Cartaxo e lideranças como os deputados Frei Anastácio e Anísio Maia, além de Giucélia Figueiredo, Rodrigo Soares, Nadja Plitot e Josenildo Feitosa comemoraram a decisão. As lideranças que defendem a aliança com o PSB lamentaram.

“Vejo este resultado com alegria e entusiasmo. É a força do PT que vai ter um candidato com idéias para fazer o melhor pela cidade de João Pessoa”, disse o deputado Luciano Cartaxo logo que soube o resultado final da prévia, na noite de ontem.

Força
“Foi uma demonstração de força do PT. Aqui em João Pessoa, a esperança também venceu o medo”, acrescentou Luciano Cartaxo.

O presidente do Diretório Municipal do PT, Antônio Barbosa, que defende a aliança com o PSB, disse que “a base partidária fez a opção pela tese da candidatura própria e saiu vitoriosa por uma maioria expressiva”.

Ele declarou que respeita o resultado e que vai propor a realização de uma avaliação política rigorosa para saber se haverá inscrição para outros nomes ou se fica apenas Luciano Cartaxo.

Barbosa disse que reconhece o nome de Luciano, mas que pode haver a discussão de outros nomes. O deputado Luiz Couto, o maior defensor da aliança com o PSB, não se manifestou.

1.868 petistas não compareram
O pleito aconteceu das 9h às 17h em cinco locais de votação distribuídos nos bairros de Mangabeira Mandacaru, Rangel, Bancários e Novais. Dos 4581 militantes aptos ao voto, pelo menos 1.868 não compareceram às urnas. A abstenção foi de 39,84% do eleitorado apto. Antônio Barbosa, disse que o índice ficou abaixo do esperado.

Antônio Barbosa declarou que a eleição ocorreu com muita tranquilidade em todos os bairros. “Houve um acirramento dos ânimos, pela manhã, no bairro de Mangabeira, quando alguns agentes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) tentaram retirar barracas que foram montadas por petistas integrantes do Coletivo Celso Furtado, favoráveis ao lançamento de candidatura própria”, disse.

Segundo ele, os agentes exigiam uma autorização para a instalação das tendas no espaço público. “Mas o impasse logo foi resolvido”, afirmou Barbosa. Segundo ele, à eleição foi acirrada. “Houve disputa voto a voto entre os petistas aptos a votar”.

O coordenador da comissão eleitoral do PT, Jackson Macedo, que também defende a aliança do PT com o PSB, reforçou que a eleição ocorreu dentro da normalidade.

Por outro lado, o presidente da Executiva Estadual do PT da Paraíba, Rodrigo Soares, frisou que a votação teve participação maciça dos filiados e que o “partido deu uma lição de democracia”. Ele lembrou que “o Partido dos Trabalhadores é o único do País que convida sua militância para participar da decisão do rumo da legenda”.
Rodrigo Soares destacou que o processo eleitoral foi acompanhado por integrantes do Diretório Nacional do partido. Segundo ele, isto mostra que a eleição dos delegados em João Pessoa está entre as prioridades da Executiva Nacional do PT.

De acordo com Luciano Cartaxo, “agora é à hora do PT”. Ele criticou os problemas que surgiram durante o processo e afirmou que tudo foi fruto da má administração do Diretório Municipal da legenda.

Agra prevê dificuldade
O prefeito Luciano Agra (PSB), de João Pessoa, disse ontem através do Twitter que “será difícil vencer as eleições este ano”, ao comentar o resultado da votação de ontem realizada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para eleger delegados que indicarão o candidato que disputará a sucessão municipal.

Na íntegra, o prefeito Luciano Agra digitou no Twitter: “A candidatura própria PT é legítima, ganhar as eleições desse ano aqui na capital vai ser muito difícil”.

Abertamente
Agra também digitou que “sempre defendemos a aliança PSB/PT abertamente, mas devemos respeitar a democracia interna do partido dos trabalhadores”.
E acrescentou que “a derrota da tese da aliança PSB/PT, não me agradou”, numa alusão ao resultado da eleição de ontem do PT em que saiu vitoriosa a tese de candidatura própria.
Por Marconi
Adelson Barbosa e Mislene Santos

Comente usando o Facebook

DESTAQUES
spot_img
spot_img

Popular

plugins premium WordPress