O que era amor se transforma em ódio diante de tanto terror

A implosão do projeto político e de PODER do PSB da Paraíba e seus respectivos agregados,    se transforma agora numa mistura de enredo policial e de drama.

Os ex-secretários e o ex-governador que antes eram os super-heróis da gestão pública e serviram de plataforma eleitoral para quase todos os detentores de cargos eletivos, de repente se transformaram nos filhos de Lúcifer – pela boca de alguns INGRATOS – EX-aliados.

É claro que delatar é uma coisa e provar é outra. Todavia, nenhum agente político tem coragem de criticar, partir pra cima e já condenar as atitudes e os reprováveis procedimentos já apresentados nas gravações estarrecedoras?

Por que que esses agentes políticos acostumados a embates agressivos e duras críticas a atos de corrupção não conseguem se impressionar com tudo que está sendo descoberto pelas investigações do GAECO?

Porque esses AUSTEROS POLÍTICOS não conseguem elogiar publicamente  a atuação da JUSTIÇA DA PARAÍBA?

Porque João Azevedo, governador posto no cargo com toda a estrutura do PSB-PB e atuação direta da máquina pública controlado pelo seu PAI POLÍTICO – Ricardo Coutinho – não consegue nem sequer se admirar com todo o esquema de corrupção revelado pelo GAECO, e ainda diz que não tem nada a declarar?

É bom somente lembrar ao povo da Paraíba que João Azevedo, hoje, é a maior autoridade do estado. O governador que está aí, com todos os seus problemas, é o comandante geral da Polícia Militar, da Polícia Civil e está sob sua responsabilidade os presídios da Paraíba

Resumo PB

Comente usando o Facebook