PF prende ex-senador suspeito de mediar caixa 2 para atual governador

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quinta-feira (9) o ex-senador Luiz Otávio Campos (MDB-PA). Ele é suspeito de ter mediado o pagamento de R$ 1,5 milhão de caixa dois de campanha entre a Odebrecht e o então candidato ao governo do Pará em 2014 Helder Barbalho (MDB), atual governador do estado.

Segundo a Polícia Federal, a operação deflagrada nesta manhã, chamada de Fora de Caixa, é um desdobramento da Lava Jato e também tem outros alvos. Mais um mandado de prisão preventiva está sendo cumprido em Palmas, no Tocantins, e seis mandados de busca e apreensão estão sendo executados em Belém do Pará, em Palmas e em Brasília.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Eleitoral em Belém do Pará, mas seus alvos ainda não foram revelados.

Já se sabe, contudo, que a Polícia Federal chegou a pedir mais um mandado de busca e apreensão com a intenção de fazer buscas na residência de Helder Barbalho. Esse pedido, que atingia o atual governador do Pará, contudo, foi negado pela Justiça Eleitoral.

Página1 PB

Comente usando o Facebook