quarta-feira, fevereiro 28, 2024
spot_img
Home Blog

Seleção feminina goleia e termina 1ª fase da Copa Ouro com 100%

0

A Seleção Brasileira feminina de futebol encerrou sua participação na primeira fase da Copa Ouro, organizada pela Concacaf, com aproveitamento de 100%. Na madrugada desta quarta-feira (28/2), as comandadas do técnico Arthur Elias golearam o Panamá por 5 a 0 no estádio Snapdragon, em San Diego, nos Estados Unidos.

Com três vitórias em três jogos, a equipe nacional a liderança do Grupo B, com nove pontos. A seleção entrou em campo já classificada para as quartas de final. E volta aos gramados entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira, pelo horário de Brasília. O próximo adversário só sairá nesta quinta.

Nesta quarta, o Brasil foi liderado por Geyse, responsável por dois gols. Bia Menezes, Rafaelle e Debinha marcaram um cada. “Estou feliz pela vitória, pelo trabalho que a gente vem construindo com a nova comissão. A gente tem muito para aprender ainda, isso é só um processo de uma caminhada muito longa”, comentou Geyse.

Ela já havia balançado as redes na partida contra a Colômbia, mas o gol acabou sendo anulado. “Venho me cobrando muito. Sei que não estou numa fase muito boa, mas com a confiança da comissão técnica estou me soltando mais. Eu agradeço a ele e às minhas companheiras pela confiança. Tenho que acreditar em mim, sei que posso dar muito mais dentro da seleção e no meu clube.”

O resultado também foi muito celebrado por Bia Menezes, que marcou seu primeiro gol pela seleção nesta quarta. Ela joga sua primeira competição pela equipe após ser convocada pelo técnico Arthur Elias pela primeira vez. Agora soma dois jogos e um gol.
“É difícil encontrar palavras. É um momento que eu sonhei muito, fico muito feliz com isso. Dedico esse gol a minha mãe que está lá no céu, tenho certeza que ela está torcendo muito por mim. Agora vamos curtir o momento, aproveitar, descansar e pensar já na próxima fase que vai ser muito importante”, disse Bia.

Metrópoles

Criminosos usam nome do Procon-JP para aplicar golpe através do cartão de crédito

0

Criminosos estão usando o nome do Procon-JP para aplicar golpes contra a população através do cartão de crédito, o chamado golpe do cashback. O alerta está sendo feito pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor.  Neste tipo de crime, os consumidores recebem mensagens e anúncios pela internet com imagens de apresentadores de telejornais informando que, quem fez compras utilizando cartão de crédito, pode ter direito a receber parte do valor de volta.

Os falsos anúncios mostram, ainda, que esses valores foram escondidos pelas bandeiras de cartão de crédito e que o Procon-JP estaria obrigando as operadoras a devolvê-los para os consumidores, que poderão resgatar até R$ 4,5 mil. O secretário Rougger Guerra informa que o Procon-JP vem recebendo denúncias desde o início da manhã desta terça-feira (27).

Ele esclarece que o Procon do Estado do Mato Grosso também está sendo vítima dos golpistas. “Os criminosos estão usando a credibilidade dos Procons brasileiros para convencer os consumidores. Infelizmente, muitos estão caindo no golpe na esperança de recuperar algum dinheiro de alguma compra e acabam por fornecer dados pessoais e do cartão. E ainda ‘pagam’ a taxa de liberação, que foi solicitada via Pix ou transferência bancária”.

O golpe – No golpe do cashback, ao clicar na falsa notícia ou anúncio, o consumidor é levado a preencher um formulário com os dados pessoais e do cartão de crédito. Depois recebem um relatório já com o suposto valor a receber e com orientações para que o usuário do cartão pague uma taxa para liberar a quantia do cashback.

Depois do golpe – O que fazer ao perceber que é golpe? O Procon orienta que o consumidor deve procurar sua instituição bancária e informar o ocorrido de forma imediata. Se houve alguma transferência por PIX, o banco pode tentar recuperar esse valor, abrindo um procedimento chamado MED (Mecanismo Especial de Devolução) e, ainda, marcar a chave PIX como suspeita e até bloquear a conta do destinatário.

Boletim de ocorrência – Também é recomendado fazer boletim de ocorrência e bloquear/cancelar os cartões para evitar que sejam usados para compras indevidas. Para evitar cair em golpes, o Procon-JP orienta, ainda, a sempre desconfiar de promessas muito vantajosas e a não clicar em links duvidosos das redes sociais ou recebidos por mensagens de e-mails, SMS e WhatsApp.

Cashback – O cashback existe, de fato, e é uma prática comercial utilizada pelos fornecedores em que parte da quantia gasta em compras é devolvida aos clientes. A devolução pode ser em forma de descontos, na compra de outros produtos ou em dinheiro, a depender da política da empresa.

ClickPB

Em aceno a religiosos, governo Lula vai orientar deputados a aprovar PEC da isenção a templos

0

Nem contra, nem em cima do muro. Sob orientação do Palácio do Planalto, a bancada governista na Câmara será orientada a votar a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que amplia a isenção tributária a templos religiosos. O texto já foi aprovado em comissão especial e agora será apreciado no plenário.

Nesse caso, o cálculo político falou mais alto. O governo sabe que a proposta já tem os 308 votos necessários para aprovação, mesmo sem a adesão da base mais fiel ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Por isso, não faria sentido comprar (mais uma) briga com os líderes religiosos por uma batalha já perdida. A equipe econômica não planejava prescindir dessa arrecadação, mas também não vai criar obstáculos.

Deputados do PT ouvidos pela CNN admitem que parte da militância deverá reclamar. A maior parte vai assumir eventual desgaste e votar favoravelmente. Outros terão que contrariar a orientação do governo e votar contra, mas não devem ser punidos por isso. Faltar à sessão também pode ser uma possibilidade.

CNN Brasil

Paraíba tem primeira morte confirmada por Chikungunya em 2024

0

A Paraíba teve o primeiro caso confirmado de morte por Chikungunya, em 2024. Conforme apurou o ClickPB, um homem com 57 anos, morador de Sapé é a vítima. O paciente tinha doença pré-existente (hepatopatia) e o exame sorológico foi reagente, ou seja, positivo.

De acordo com a Secretaria, outros quatro óbitos estão sob investigação:

  • Homem de 60 anos, morador de Campina Grande
  • Homem de 35 anos, de Campina Grande
  • Bebê do sexo feminino de 1 ano e 4 meses, de João Pessoa
  • Homem de 85 anos, morador de Pocinhos
Paraíba confirma segunda morte por dengue

A Paraíba também já registrou dois casos de morte por dengue este ano. A paciente, que tinha 42 anos, foi diagnosticada com dengue com sinais de alarme, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB).

A paciente com morte foi confirmada por dengue, pela SES-PB, na segunda-feira (26) ao ClickPB, morava no município do Conde, no Litoral Sul, e apresentava comorbidades. Segundo levantamento da SES-PB, ela era diabética, também hipertensa e tinha uma doença hematológica.

RIACHÃO: vereador Roberlan apresenta Moção de Aplauso ao SAMU Ingá que atende a região

0

APROVADO POR UNANIMIDADE
Moção de Aplausos e Reconhecimento ao grupo de servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU – 192) de Ingá pelos relevantes serviços prestados ao povo do Município de Riachão do Bacamarte e região.

Deputados que assinaram pedido de impeachment perderão cargos e recursos parlamentares, diz líder do governo

0

O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), informou durante reunião com parlamentares da base nesta terça-feira, 27, que o governo federal vai tirar emendas e cargos dos deputados que assinaram o pedido de impeachment do presidente Lula após o petista ter associado a reação de Israel na guerra contra o Hamas ao Holocausto. A informação foi publicada pela Folha de S. Paulo e confirmada por O Antagonista.

Na conversa, segundo relatos obtidos por este site, Guimarães deixou claro aos líderes de partidos como MDB, União Brasil, PSD, Republicanos e PP que os deputados que endossaram o pedido de impeachment apresentado pela deputada Carla Zambelli (PL-SP), automaticamente, vão ser excluídos da base governista. E, por consequência, perderam acesso a ministérios e a recursos parlamentares.

Como temos mostrado, o pedido apresentado por Carla Zambelli foi protocolado com 140 assinaturas. Depois disso, outros quatro parlamentares também endossaram o texto. Os deputados da oposição querem pressionar o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a dar seguimento ao pedido de impeachment. Lira já deu a entender que deve rejeitar o pedido por considerá-lo intempestivo.

Trata-se do pedido de impeachment com a maior adesão parlamentar até hoje. Até então, o recorde era do processo contra Dilma Rousseff, em 2016. Naquele ano, a denúncia contra a petista contou com 124 assinaturas.

Na semana passada, a Secretaria-Geral da Câmara analisou e validou todas as assinaturas. Havia a expectativa de que senadores também endossassem o pedido, mas como no rito do impeachment é o Senado que julga o mérito, a oposição ao governo Lula achou por bem não incluir essas assinaturas sob o risco de que elas pudessem ser questionadas no futuro.

O Antagonista

Justiça Federal na Paraíba leiloa mais de 120 animais de produção pecuária e interessados já podem se cadastrar

0

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) realiza, nos dias 5 e 6 de março, um leilão de interesse de investidores pecuaristas. Serão colocados em hasta pública 127 animais, incluindo vacas (com e sem bezerro aos pés), touros, porcos e outros bens avaliados, ao todo, em R$ 625.800.

O evento, que ocorrerá exclusivamente por meio do site Leilões Monteiro, com início às 09h, tem o objetivo de dar destinação aos bens listados no processo nº 0806887-23.2023.4.05.8200, convertendo-os em recursos financeiros.

A participação no leilão está aberta a todas as pessoas físicas capazes e pessoas jurídicas devidamente constituídas, que deverão se cadastrar no site com pelo menos 72 horas de antecedência. O processo de cadastramento envolve a criação de um login e senha, pessoais e intransferíveis, além da obrigatoriedade de apresentação dos documentos exigidos pelo Edital de Leilão e Intimação.

Para detalhes sobre visitação dos bens, condições de arrematação e acréscimos ao valor do lance, acesse o edital aqui.

ClickPB

Polícia apreende quase 30 quilos de maconha durante operação em Santa Rita

0

Polícia Civil apreendeu quase 30 quilos de maconha durante operação em Santa Rita, pertencente a região Metropolitana de João Pessoa. A ação policial foi coordenada pelos agentes da 5ª Delegacia Seccional, com sede no município de Bayeux.

Conforme apurou o ClickPB, os agentes da Polícia Civil durante diligências na tarde desta terça-feira (27) conseguiram apreender cerca de 30 quilos de maconha. Foram apreendidos 37 tijolos de maconha além de balança de precisão.

Tribunal do Júri: Bigode é absolvido pela segunda vez

0

Em sessão do Tribunal do Júri Popular da Comarca de Ingá, realizada na manhã desta terça-feira, 27, o réu José Roberto da Silva, vulgo Bigode, foi absolvido pela segunda vez pelo Conselho de Sentença, que acatou mais uma vez a tese de legítima defesa apresentada pelo advogado, Dr. Josevaldo Alves de Andrade Segundo e seu assistente Matheus Henrique Barbosa de Medeiros Soares, de modo que o réu permanecerá em liberdade.

Bigode, que já estava em liberdade, respondia pelo crime de homicídio contra Edeilson Cabral da Silva, vulgo Batoré, ocorrido em 28 de novembro de 2013, no bairro São José, em Ingá. A defesa conseguiu provar a legítima defesa.

Atuou na acusação o promotor de justiça, Dr. Alcides Leite Amorim.

CNJ investiga juízes da Paraíba e de outros estados por participação em fraude de R$ 108 bilhões da “indústria limpa nome”

0
Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está investigando juízes, principalmente da Paraíba, de Pernambuco e do Piauí, por participação em fraude de R$ 108 bilhões da chamada “indústria limpa nome”. Eles estariam agindo para retirar dos serviços de proteção ao crédito informações relacionadas a dívidas de protestos registrados em cartórios no valor total de R$ 108 bilhões. As informações são da Folha de São Paulo, repercutidas pelo InfoMoney, como verificou o ClickPB.

A maioria dos devedores beneficiados no suposto esquema seria de São Paulo, segundo matéria do InfoMoney. Uma das evidências que levantou suspeitas nas autoridades é a de que foram ajuizadas diversas ações iguais em um mesmo tribunal. Sendo uma ação derrubada por um magistrado, as outras idênticas eram retiradas.

As dívidas envolvidas na suposta fraude representam 11,4% do montante de R$ 949 bilhões de títulos protestados no Brasil, nos últimos cinco anos. O Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil (IEPTB), que representa os cartórios, é o autor do pedido de investigação do caso, ainda segundo o InfoMoney e Folha.

As empresas investigadas por atuar na chamada “indústria limpa nome” atraem clientes, por meio de anúncios em suas páginas na internet, prometendo conseguir decisões liminares que retirem as dívidas dos cadastros de negativação. Para atrair ainda mais os clientes, essas empresas argumentam nos anúncios que muitos dos registros de negativação são indevidos.

Ainda segundo o InfoMoney e Folha, o IEPTB aponta que as decisões dos juízes investigados contrariam o entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre não haver necessidade de uma nova notificação de título protestado, através do birô de crédito e da central de informação dos cartórios, considerando que os tabelionatos fazem isso, obrigatoriamente, no ato do protesto. Para o presidente do IEPTB, André Gomes Netto, em contato com o InfoMoney, os juízes estariam tornando letra morta a decisão do STJ.

O IEPTB apontou, na denúncia ao CNJ, que as empresas mercantilizam o processo judicial para incentivar o inadimplemento de dívidas.

ClickPB