Homem é preso suspeito de estuprar duas enteadas.

Uma mãe encontrou a filha minutos depois que ela foi estuprada pelo próprio padastro. O flagrante do crime contra a menina de 11 anos ocorreu às 22h desta sexta-feira (3), no Centro de Cabedelo, na residência da família. Cosme Lino de Souza, de 35 anos, que há pelo menos oito anos mora junto com a mulher, também é suspeito de estuprar outra enteada, de 13 anos, desde que ela tinha cinco anos de idade. Segundo as vítimas, os abusos sexuais ocorriam na frente dos dois irmãos mais novos, filhos do padastro com a mãe.

De acordo com a versão relatada pela mãe das meninas, ela havia saído de casa para fazer compras com a filha mais velha, deixando a menina de 11 anos e os dois outros filhos em casa, com o marido. Ao voltar à residência, a mulher chamou para que abrissem a porta e estranhou a demora. Assim que entrou em casa, percebeu que a filha estava na cama do casal, chorando, e que o marido correu para o banheiro. Foi então que a menina confessou à irmã que tinha sido abusada mais uma vez pelo padastro, o que levou a mãe a ligar para a polícia, que prendeu o suspeito na residência dele, enquanto tentava fugir.

A mulher disse que já desconfiava dos abusos cometidos pelo marido, porém, como não tinha provas, preferiu acreditar nele. As meninas declararam que tentavam contar o caso para a mãe, mas que o suposto agressor sempre agia de forma violenta e ameaçava matá-las e matar a esposa se algo fosse revelado. As crianças mais novas que assistiam as cenas de abuso das meninas confirmaram a versão das vítimas para a mãe.

A menina de 11 anos foi encaminhada à Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), onde foi submetida a exame de corpo de delito. O suspeito foi preso por policiais da 7ª Delegacia Distrital de Cabedelo, levado para a Delegacia da Mulher, de onde foi enviado ao Presídio do Róger.
JP

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress