Mercado de Ingá: Até quando? pergunta o povo.

Há um ano e seis meses a feira de Ingá está nesta situação.

Como se classifica isto?

Falta de planejamento, falta de verba, descaso, abandono ? O que?

 

Como se justifica ?

No final do mês de setembro de 2010, nas vésperas do primeiro turno das eleições de Governador, o Ingá amanheceu surpreso com trabalhadores demolindo a Praça Antenor Navarro e também escavações haviam sido iniciadas no pátio de Mercado Central de Ingá. Um misto de alegria e entusiasmo tomou conta da população, afinal duas grandes obras, justamente em locais de freqüente visitação pública como a principal praça e a feira onde as pessoas da zona urbana e rural se reúnem para fazer compras ou simplesmente trocar idéias. Um marketing perfeito. Realmente era de impressionar, uma vez que até então, a gestão atual não tinha nenhuma obra de destaque para apresentar ao povo. No início, o ritmo era frenético com perspectiva de uma rápida conclusão, até porque as obras causariam desconforto e transtornos, mas que compensariam se fossem entregues em prazo razoável.

Eis que, passada as eleições, o ritmo das obras foram diminuindo aos poucos até parar de vez. A obra da praça com seus inícios, paradas e reinícios, foi motivo de grande crítica por parte da oposição que chegou a fazer um ato público de aniversário simbólico de um ano. O assunto foi também retratado na mídia estadual quando o quadro do programa calendário da TV Paraíba veio a Ingá, destacando justamente o atraso na entrega da obra. No final do ano, após 15 meses do início da reforma, finalmente o prefeito Lula conclui e inaugurou a praça num show com a Banda Magníficos, gastando uma magnífica quantia na bonita  festança.

Pois bem, embora com críticas com relação ao mau acabamento da praça, pelo menos teve um fim. No entanto, o mercado púbico e a feira ficaram lá, abandonados até hoje. No pátio do mercado há uma base, “sapata” construída em tijolos, que começa rente ao chão do lado poente do estacionamento da feira e segue subindo ao sul, até a uma altura de aproximadamente um metro e meio nas proximidades da esquina do mercado frente ao DETRAN, intercalados por buracos enormes, feitos provavelmente para estrutura de colunas. No meio deste espaço encontra-se metralha esparramada por todo lado, junto com lixo e animais como bodes e cabras pastando. Tudo isso coladinho, nos dias de feira, com bancas e barracas que vendem alimentos, inclusive no chão, numa mistura perigosa que pode causar doenças aos consumidores. Por sua vez, a feira que antes ocupava todo este espaço, ficou espremida entre um pedaço de rua em frente ao Detran e ao entulho da obra parada.

Obra inacabada. Transtorno aos usuários

Seria até compreensível se estes transtornos causados aos feirantes, consumidores e usuários da feira fossem temporários, num prazo razoável para construção e conclusão da obra. Mas, o que o povo fica abismado e reclama constantemente, é que já faz simplesmente um ano e meio que a feira está nesta situação. “Nâo é possível que um espaço tão importante como a feira central seja esquecido desta forma” afirma um dos comerciantes que mora em Itabaiana. Já outro feirante diz, que não tem lucro como tinha antes quando a feira ocupava o espaço normal. “o povo ta deixando de vir a feira por conta disto, ta preferindo comprar nos mercadinhos”,  disse Tôtinha da verdura. Realmente tem razão quando reclamam, o povo e os feirantes, o transtorno é grande.

A população não agüenta mais, e por diversas vezes solicitou pessoalmente ao site Inga-cidadao, que fizesse matéria a respeito e pedisse encarecidamente ao prefeito Lula a conclusão definitiva desta obra, a bem de todos.

Nós não sabemos informar a razão da obra está parada por tanto tempo. Cabe as autoridades do município explicarem.  O espaço do site está à disposição dos secretários e do prefeito para ao menos uma justificativa ao povo. O que sabemos é que assim não é que deve e não pode ficar, o caso precisa de uma solução. Esperamos e torcemos que o problema seja resolvido o quanto antes.

Todo sábado é assim. Veja o vídeo:

Os twittweiros que seguem o inga-cidadao, e que já fizeram a campanha #pontedeingaja, agora twittam #feiradeingaja

 

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress