Publicidade

Lenha anunciou o início da reforma da Praça Vila do Imperador e distribuição do peixe na semana santa

No início da noite deste sábado, 16, foi realizada a cerimônia oficial de inauguração da nova Praça Rio Branco, localizada ao lado da Prefeitura Municipal, na entrada da cidade. O prefeito Manoel da Lenha acompanhado de sua esposa, primeira dama, Adjane Valeriano, Secretária de Educação, ao lado do vice-prefeito, Carlos Mendonça e sua esposa, Helena Araújo, cortaram a fita simbólica e descerraram a placa comemorativa sob aplausos do povo que compareceu em bom número à solenidade, lotando as imediações da praça.

O evento foi prestigiado pelos secretários municipais: Vavá da Luz, Turismo; Alex Vilas Boas, Ação Social; Martizalém, Infraestrutura; Diego Félix, Controle Interno; Adelson Felisberto, Defesa Civil e Diomedes Martins, Secretário Adjunto de Agricultura e demais Secretários Adjuntos, Jurandy Alves, Finanças, Claudio Rogério, Saúde; Diego Reis, Infraestrutura, Maurino Neto, Controle Interno, Manoel Alves “Quelé”, Recursos Humanos;  Socygenes Araújo, Diretor de Esportes, Ailton Nunes, Chefe de Transportes, Irapuan Vaz e Maristânia Araújo, representando a Cultura e Eventos.

Contou ainda com a presença dos vereadores Cassio Murilo, Presidente da Câmara Municipal, Dimas Campos, líder do governo, Dedé Lavandeira, Gedeilson e Luis de Duca. O prefeito de Mogeiro, Antonio, também prestigiou a solenidade.

Os mestres de cerimônia, Antonio Tito Filho e Caldeirão anunciaram a formação das autoridades e em seguida convidou o prefeito e vice, ao lado de suas esposas, para cortarem a fita simbólica e descerrarem a placa comemorativa, dando por inaugurada oficialmente a reforma da Praça Rio Branco.

Após a execução do hino nacional brasileiro pela Banda 31 de março, o secretário de Turismo Vavá da Luz abriu a sequência dos discursos afirmando que por ser o mais velho em idade das autoridades ali presentes, se sentia imensamente feliz participar da reinauguração da praça que tantas vezes, quando criança desfrutou.

Em seguida, discursando em nome da Câmara Municipal, Dedé Lavandeira, falou de sua satisfação em ver os frutos do trabalho prometido em campanha começarem a aparecer em tão pouco tempo de administração, recuperando uma praça que estava abandonada assim como toda a cidade. Os mais de cinco mil eleitores que votaram em Manoel da Lenha não irão se arrepender de tê-lo escolhido como prefeito, e os outros cinco mil vão reconhecer seu trabalho.

O vice-prefeito, Carlos Mendonça, relembrou a trajetória dos primeiros contatos feitos com os responsáveis pela obra da praça, e que hoje depois de pronta, está sendo tratada pela população como um cartão postal de nossa cidade. Mendonça informou que desejaria que uma réplica da Pedra Lavrada, nosso maior símbolo, fosse colocada em uma das praças da cidade, assim como outras cidades exploram seus símbolos citando como exemplo a cidade de Cabaceiras.

O presidente do PDT municipal, ex-vereador Antonio Silvino de Moura, o popular Antonio Redeiro, falou da relevância da obra que hoje se inaugura por se tratar justamente da entrada da cidade, e que Manoel da Lenha está realizando uma administração de uma envergadura invejável.

O prefeito Manoel da Lenha, em seu discurso fez um relato do caos que encontrou a prefeitura e todo o município de Ingá e em seguida fez uma retrospectiva de suas ações para arrumar a casa em tempo record e começar a trabalhar. “O que passou, passou. Não interessa quem votou em vermelho, amarelo ou azul. O tempo passa e a fila anda, fui eleito para trabalhar. Fiz a reforma da praça em tão pouco tempo porque quero trabalhar, o outro não fez porque não quis”. Enfatizou Manoel da Lenha, lembrando que a reforma foi feita com recursos próprios, e que custou muito pouco, comparando com a outra feita anteriormente que recebeu verbas do Estado e demorou dois anos.  O prefeito determinou a instalação de equipamento HI FI ZONE, que libera acesso gratuito na área da praça, se antecipando ao Projeto de Cidade Digital do Governo Federal que pretende inserir o Ingá em breve. Foi anunciado também o novo site oficial da Prefeitura Municipal de Ingá, que tem como endereço: www.inga.pb.gov.br.

“Seu Manoel”, como é tratado pelo povo, foi muito aplaudido quando anunciou já para próxima semana o início da reforma da outra praça que fica em frente à prefeitura, a Vila do Imperador, e a entrega de 4 toneladas de peixe à população de baixa renda. ( sendo a quantidade correta é 5 mil quilos, corrigida por Pierre Jan, Secretário de Finanças, posteriormente).

Lenha afirmou ainda que muitas pessoas não o encontram na prefeitura, mas justificou que prefere está percorrendo os diversos órgãos e Secretarias do Estado em busca de limpar o nome da prefeitura, o que ocorrerá já agora no final de março, do que ficar dentro da prefeitura muitas vezes só ouvindo fuxicos e intrigas, e que isso não resolve nada. Falou que já levou muito chá de cadeira nos órgãos estaduais e federal, como o prefeito Antonio de Mogeiro bem conhece, e que vai levar muito mais, mas o que importa é que vai limpar o nome da prefeitura e  trazer recursos e convênios, para obras estruturantes como o esgotamento sanitário da cidade, e neste sentido já está fazendo todo levantamento topográfico do município necessário e exigido para elaboração do projeto. O prefeito citou ainda o problema dos concursados, reafirmando que não tem nada contra estas pessoas que estão pleiteando seus direitos na justiça, porém o que ele não aceita é a forma como foi feita a convocação, que foi claramente para prejudicar e inviabilizar sua administração, inclusive com atos ilegais que prejudicou todos os demais concursados, sendo que este caso a justiça irá decidir.

Agradeceu aos vereadores pela aprovação dos projetos enviados pelo executivo, e classificou como mentirosa a propagação por parte de alguns oposicionistas quando dizem que o prefeito pretende com o Projeto de Lei 001/2013 perseguir funcionário. Manoel afirmou que funcionário que trabalha correto não tem medo de punição e deve ser bem remunerado, porém citou casos injustos que tem funcionários efetivos que há mais de vinte anos recebem salários sem trabalhar, e que se quiserem continuar assim vão ter seu ponto cortado, no que recebeu aplausos entusiasmados do povo presente.

O prefeito concluiu o tema afirmando que na sua mente não há a palavra “perseguição” e sim “organização”. Lenha encerrou agradecendo a presença e o apoio de todos, em especial aos 37 componentes da Banda 31 de março, que em suas palavras afirmou que infelizmente é vergonhoso eles receberem um valor de apenas cem reais mensais, sendo que tentou aumentar o valor, porém está dependente da lei atual do município que o limita, mas firmou compromisso de enviar à Câmara Municipal uma nova lei aumentando a gratificação dos músicos.  Pediu paciência ao povo, pois como ser humano ele tem seus defeitos, assim como qualquer outro, seja padre, juiz, promotor, advogado ou pessoa do povo, mas confiem em Manoel da Lenha, pois seu desejo é trabalhar pelo desenvolvimento de Ingá, e assim fará.

Ao final, o prefeito e demais autoridades se confraternizaram com o povo presente.

 

ASCOM – PMI

Comente usando o Facebook

Publicidade