DJ Ivis aparece em show e é vaiado pela plateia; VEJA VÍDEO

DJ Ivis foi vaiado na noite de ontem durante a “Noite do Piseiro”, que ocorreu na Estância Alto da Serra, em São Bernardo do Campo (SP). O músico, que estava preso pela acusação de agressão da ex-mulher, Pamella Holada, foi convidado por Tarcísio do Acordeon para subir no palco do evento.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, a plateia aparece pedindo para que ele saia do show. Segundo o autor da publicação, DJ Ivis saiu imediatamente do palco após a repercussão negativa da sua presença.

Além da “Noite do Piseiro”, DJ Ivis também marcou presença ontem no “Garota Vip”, de Wesley Safadão, que ocorreu no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. Em novembro, Safadão anunciou que seu novo DVD terá uma música que leva a assinatura do DJ.

O artista posou ao lado de outros músicos, como Orlandinho, o Rei do Piseiro, e o cantor João Gomes, com quem aparece em uma recente publicação nas redes sociais. “Verdadeiro sentido de: quem trabalha Deus ajuda, seus escolhidos sempre vencem”, escreveu em legenda.

Nos comentários, João Gomes ainda fez uma declaração para o amigo. “Bom curtir perto de você… ver que está bem. Quantos motivos para agradecer já me deu. Que Deus lhe abençoe e cuide de todos seus planos. Ele tem algo especial reservado em sua vida ainda. Sua música é boa e faz alegria. É o que o povo precisa. Se cuide. Papai do céu abençoe.”

O artista passou quase 4 meses detido após ser acusado de agredir a ex-mulher, Pamella Holanda. Ela compartilhou nas suas redes sociais uma série de vídeos que mostrava o artista a atacando com tapas, socos e chutes.

Em 27 de julho, o músico foi indiciado pela Polícia Civil do Ceará por três crimes: lesão corporal, ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica. Em outubro, a Justiça do estado do Ceará aceitou a denúncia do MPCE (Ministério Público do Ceará), e o artista ainda se tornou réu por lesão corporal e ameaça — com circunstância agravante.

Ele se pronunciou sobre o assunto no início do mês passado, após deixar a prisão. “Sei que errei. Mas também sei que posso ser uma pessoa melhor”, afirmou.

 

Comente usando o Facebook