Publicidade

O time, formado por Érika Alves, Laís Ribeiro e Mariana Abreu, e coordenado pelo professor Lício Romero, foi o único do estado a trazer uma medalha na bagagem.

A equipe de estudantes do Instuto Federal da Paraíba (IFPB), de Cabedelo, conquistou a medalha de prata na 11ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), realizada nesse fim de semana, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo. O time, formado por Érika Alves, Laís Ribeiro e Mariana Abreu, e coordenado pelo professor Lício Romero, foi o único do estado a trazer uma medalha na bagagem.

A direção do Campus do IFPB, de Cabedelo, parabenizou os estudantes nas redes sociais. “O Campus Cabedelo parabeniza os participantes! Estamos muito felizes e orgulhosos por mais essa conquista!”.

Equipes de 11 estados conquistaram medalhas de ouro, prata e bronze na grande final da Olimpíada Nacional em História. O Nordeste é o que mais levou medalhas: do total de 75 distribuídas, 58 foram para a região.

A final contou com a participação de 314 equipes, um total de 1,2 mil convocados de todos os estados brasileiros. Foram entregues 15 medalhas de ouro, 25 de prata e 35 e bronze, além de medalhas de honra ao mérito para os demais participantes.

O Rio Grande no Norte foi o estado com maior número de medalhistas: 20 no total, seguido de Pernambuco (15), Ceará (14), São Paulo (12), Bahia (4), Piauí (3), Minas Gerais (2), além de Goiás, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro e Sergipe, que levaram uma medalha cada. As escolas particulares levaram 43 medalhas enquanto as públicas conquistaram 32.

Neste ano, a ONHB teve 73 mil inscritos desde a fase inicial. As equipes passaram por seis etapas online com duração de uma semana cada. A final contou com a realização de uma prova dissertativa no sábado (17) em que foi apresentado um conjunto de documentos com manchetes de jornais dos últimos do Brasil e solicitado aos competidores a elaboração de um texto com os temas: violência, exclusão e banalidade do mal.

Comente usando o Facebook

Publicidade