Publicidade

Jonas Lopes, que trabalha vendendo pipoca em Campina Grande há mais de 20 anos, teve o carrinho quebrado e estava sem trabalhar. Alunos sentiram a falta do amigo.

Alunos de uma escola particular de Campina Grande decidiram presentear um pipoqueiro que estava sem trabalhar, após ter o carrinho de pipoca quebrado e não ter condições para comprar um novo.

Há mais de 20 anos, o pipoqueiro Jonas Lopes, de 51 anos, ajudava a sustentar a família vendendo pipoca nas ruas de Campina Grande. Ele costumava parar em frente a uma escola particular da cidade, pela manhã e tarde, até que um dia os alunos notaram que o pipoqueiro não estava mais indo trabalhar no local.

O aluno Lucas Leal, de 10 anos, diz que sempre que saia da escola com os amigos iam comprar pipoca no carrinho do ‘Seu’ Jonas. “Há mais ou menos um mês que ele não estava vindo vender pipoca aqui em frente a escola, então eu e meus amigos começamos a achar estranho”, relatou o estudante.

Lucas pediu ajuda a mãe dele, Paula Leal, para saber o que tinha acontecido com o pipoqueiro. ”Eu encontrei ‘Seu’ Jonas sentado na esquina aqui da escola. Ele me explicou que havia deixado de trabalhar porque deu um problema no botijão do carrinho e que para voltar a trabalhar teria que comprar um novo, mas que não tinha condições”, contou.

Há mais de 20 anos, o pipoqueiro Jonas Lopes, de 51 anos, ajudava a sustentar a família vendendo pipoca nas ruas de Campina Grande — Foto: Reprodução/TV Paraíba
Há mais de 20 anos, o pipoqueiro Jonas Lopes, de 51 anos, ajudava a sustentar a família vendendo pipoca nas ruas de Campina Grande — Foto: Reprodução/TV Paraíba

A notícia se espalhou na escola e todos ficaram comovidos. “Eu e meus colegas ficamos preocupados, porque ele estava sempre em frente a escola e nunca mais tinha aparecido”, disse a estudante, Luana Leal, de 8 anos.

Foi então que alunos, professores, pais e a direção da escola decidiram se unir para ajudar o pipoqueiro. “Algumas crianças tiraram dinheiro de ‘miaeiro’, outras da mesada, do lanche, inclusive uma estudante fez um bilhete pedindo ajuda para ‘Seu’ Jonas e arrecadou dinheiro em um caixinha por todo a escola”, relatou Paula Leal.

Novo carrinho de pipoca foi entregue pelos alunos durante festa realizada pela escola para o pipoqueiro em Campina Grande, na PB — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Novo carrinho de pipoca foi entregue pelos alunos durante festa realizada pela escola para o pipoqueiro em Campina Grande, na PB — Foto: Reprodução/TV Paraíba

As doações foram suficientes para comprar um carrinho de pipoca novo, que foi entregue para ‘Seu’ Jonas em uma festa surpresa realizada na escola. O carrinho foi entregue cheio de bilhetinhos com mensagens de carinho escritas pelos alunos – que doaram também para o pipoqueiro um novo jaleco, touca e os alimentos necessários para ele fazer a pipoca.

“Eu só pedia a Deus para que me ajudasse, eu batia em todas as portas mas não conseguia nada. É um sentimento muito grande, eu nem tenho como explicar”, disse emocionado o pipoqueiro.

Alunos de escola de CG ajudam pipoqueiro com novo carrinho de trabalho

Alunos de escola de CG ajudam pipoqueiro com novo carrinho de trabalho

Comente usando o Facebook

Publicidade