Ex-jogadora acusa técnico brasileiro de abuso sexual: “Aos14 anos eu tinha muitos sonhos, e queria ser a próxima Marta”

  • por

O treinador brasileiro Getúlio Fredo afirmou em entrevista ao ‘Domingo Espetacular’, da RecordTV, neste domingo, que teve uma relação consensual com a ex-jogadora de futebol Mia Belle Trisna, que o acusa de abuso sexual. Na época do caso relatado por Mia, ela tinha 14 anos de idade.

“Eu tinha muitos sonhos, e queria ser a próxima Marta. Ele começou a me levar pra casa, uma noite, ele me levou para a floresta e estacionou o carro. Ele disse: ‘Se você quiser se tornar a próxima Marta, ele tem essa habilidade”, disse ela, na última semana em uma emissora da Estônia.

“Naquela noite ele começou a me tocar e tirou minha virgindade”, completou.

Getúlio afirmou que teve uma relação consensual com a ex-jogadora por sete anos e que se foi ela que se aproximou dele com objetivo de ser ‘a próxima Marta’. Ele ainda disse que se incomodou de ter um caso com uma adolescente, mas que se apaixonou pela jovem.

“Claro que incomodou, mas a pessoa está em cima de você. Estou em um país sozinho. A maneira que ela falava, carinhosa. Peguei um amor por ela muito grande”, afirmou.

Ele ainda disse que Mia Belle, que hoje é escritora e coach está usando a história para promover um trabalho que será publicado em breve.

“Ela está fazendo um livro contando as histórias, então ela quer promover o livro dela”, concluiu.

Fonte: terra

Comente usando o Facebook