Publicidade

Não podemos falar em surpresa numa reunião entre o secretário de Infraestrutura do Estado, João Azedo (PSB,) e o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (MDB). Ambos são aliados do governador Ricardo Coutinho (PSB) e trilham caminho para as eleições na mesma trincheira. O molho do encontro é a composição da chapa majoritária. 

Os aliados mais próximos do ex-cabeludo nutrem o desejo de vê-lo candidato ao Senado. Entre os socialistas, inclusive Azevedo, não há resistência à ambição do emedebista. Outro tempero da conversa diz respeito ao fato de o encontro mostrar o quanto o ambiente no MDB está dividido. O senador José Maranhão se lançou para a disputa do governo, como virtual candidato. Veneziano deixa claro, também, que prefere a manutenção da aliança de 2014, com Ricardo.

Entre os emedebistas, há também a indicação de que Veneziano ficou chateado com o flerte de Maranhão com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB). O tucano é o principal adversário do deputado. No embate nas eleições de 2016, o tucano levou a melhor. O ambiente, inclusive, pode levar o emedebista para outra sigla, com a abertura da janela para a troca de partidos. A manutenção de Veneziano no MDB já não é dada como certa por Maranhão. Em entrevista, à CBN João Pessoa, nesta semana, o senador José Maranhão disse que não poderá evitar que filiados ao partido deixem a sigla para fortalecer projeto próprio. O afinamento com Ricardo, vale ressaltar, surge como combustível para que o deputado federal troque de ares.

A conversa desta sexta-feira com João Azevedo mostra isso bem.

Leia mais no Jornal da Paraíba

Comente usando o Facebook

Publicidade