Reitoria da UEPB é acusada de apropriação indébita

Quem pensava que as farpas envolvendo a polêmica em torno da autonomia da UEPB havia acabado, enganou-se. A artilharia agora sobrou para a reitoria, que é administrada pela professora Marlene Alves. É que agora a instituição está sendo acusada pela Secretária da Receita do Estado, Aracilba Rocha, de ter se apropriado indevidamente de um montante de R$ 15 milhões no ano de 2011.

Conforme Aracilba Rocha, a instituição teria retido os recursos relativos ao Imposto de Renda na fonte recolhido de seus funcionários e professores.

A informação foi veiculada ainda nesta segunda-feira (06), pela secretária durante entrevista dada à Rádio Paraíba FM.

A titular da Sefin observou que foi necessária a assinatura de um convênio emergencial para que todos os servidores da UEPB não caíssem na ´malha fina´ do Imposto de Renda, quando da entrega das declarações anuais, entre março e abril.
PB Agora

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress