Publicidade

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) ficaram entre as cinquenta instituições de nível superior com melhor índice de aprovação  após recursos, da primeira fase do 5º Exame de Ordem Unificado, realizado no dia 30 de outubro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

De acordo com matéria do portal Terra, a UFPB conseguiu aprovar 56,98% dos estudantes de Direito e a UEPB teve um índice de aprovação de 38,65%.

Já a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras (Fafic) ficou entre as piores colocadas no exame da ordem da OAB e não conseguiu aprovar nenhum de seus alunos.

A Fundação Universidade Federal de Viçosa (UFV) conseguiu o melhor índice de aprovação no exame com 77,50%.

A primeira fase do exame foi realizada quatro dias após o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitar o recurso de um bacharel em Direito e considerar constitucional a realização da prova. O relator do caso, ministro Marco Aurélio Mello, defendeu o papel da OAB ao destacar que o exame assume o papel de “proteger a sociedade dos riscos relativos à má operação do Direito”. A constitucionalidade da prova foi aprovada por unanimidade no plenário da Corte.

O Exame de Ordem foi criado em 1994, com a aprovação da Lei do Estatuto da Advocacia e da OAB, cujos dispositivos eram questionados no STF. Desde então, milhares de candidatos vêm sendo reprovados a exemplo do que ocorreu na edição mais recente, em que apenas 15% foram aprovados. De 1997 para cá, o número de cursos de Direito no País passou de 200 para 1,1 mil, que formam cerca de 90 mil bacharéis anualmente.

Comente usando o Facebook

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here