INGÁ: Casos ativos do coronavírus caem para 296. Menor número da série histórica, mas os cuidados devem ser redobrados diante da flexibilização de atividades econômicas

A inserção do número de casos ativos (Diferença entre os casos confirmados e recuperados) no boletim diário da Secretaria Municipal de Saúde teve início no dia 27 de julho mostrando que havia 333 casos ativos no município de Ingá. Durante a série histórica observou-se o pico de 351 no dia 02 de agosto e dois dias apresentaram uma quantidade menor que 300, no último dia 06 (298) e hoje, 10 de agosto, com 296 casos ativos.

Outro dado importante de acompanhar é número de notificados diariamente que mostra a tendência da evolução dos casos. Este dado também mostra estabilidade. Começou com 33, já chegou a zero e hoje foi a 19. A média dos últimos 14 dias está em 17,85 casos notificados por dia.

Os números mostram que há uma estabilidade no contágio do coronavírus em Ingá com tendencia de queda, embora esteja em um patamar ainda alto para o porte da cidade com média de 319,71 de casos ativos nos últimos 14 dias de contagem.

Durante a semana passada a Prefeitura Municipal de Ingá intensificou algumas medidas como a sanitização nos locais de grande movimento em Ingá, Pontina e Chã dos Pereiras, mas é preciso que a população continue colaborando com as precauções adotadas, evitando aglomerações, usando máscara e higienizando as mãos com frequência. “Nossa prioridade maior no momento é salvar vidas, um dos pilares de nossa gestão” – afirmou o prefeito Robério Burity.

O Secretário Jammes Araújo tem destacado a implantação do Centro Covid que concentra o atendimento da população em um único local especialmente preparado para os casos suspeitos e exames do coronavírus, ao passo que libera as UBS para o tratamento normal de rotina de acompanhamento e prevenção de outras doenças. Jammes também salientou que as mortes ocorridas até o momento foram de pessoas com comorbidades como obesidade, diabetes, cardiopatia, câncer, entre outras, em razão disto, este segmento da população e idosos devem ser protegidos por seus familiares e ter especial atenção no atendimento.

Os cuidados devem ser redobrados de agora por diante, uma vez que o município foi classificado na bandeira amarela que permitiu a abertura de atividades comerciais, dentre elas os restaurantes e bares que estiveram cheios durante o final de semana. Agora é esperar para ver como estes números irão se comportar doravante.

Veja o gráfico da evolução dos números de casos ativos e notificados nesta quinzena, no período de 27 de julho a 10 de agosto.

Ingá Cidadão 

 

 

Comente usando o Facebook