Justiça Eleitoral proibiu a “festança eleitoral” de Serra Redonda. O “Partido Covid-19” mostrou sua força em franca ascensão

O município de Serra Redonda que passou a fazer parte da circunscrição eleitoral de Campina Grande (72ª Zona), no início do período eleitoral de 2020 deu exemplo aos demais, onde foi registrado um acordo entre as coligações envolvidas no pleito, tendo sido as convenções eleitorais realizadas cercadas de cuidados preventivos e de forma bastante tranquila do ponto de vista sanitário e político, no que serviu até de referência para a região. No entanto, ao começar o período permitido de propaganda eleitoral propriamente dito esqueceram os termos acordados de não realização de atos públicos de campanha e aos poucos, com o pretexto de realizar adesivagem, inauguração de comitê  e encontros da força jovem em diversas localidades da zona rural e urbana, passaram a reunir multidões que dançavam, pulavam de empolgação e vibração ao som de paredões automotivos ao estilo carnaval fora de época que atraindo em especial o público jovem até de outros municípios vizinhos para diversão regada a bebida alcoólica.

As demonstrações de força de ambas as partes animaram também um personagem chamado CORONAVIRUS que também quis demonstrar seu potencial político/eleitoral/mortal, uma vez que adora aglomerações de todas as cores sem preconceito de idade, sexo ou preferência partidária. Ao que parece, do jeito que a campanha eleitoral caminhava em Serra Redonda o partido do COVID-19 ( que tem até número) estava em franca ascensão e poderia colar nos lideres até a chegada das eleições, podendo o Verde e o Azul correr o risco perder alguns eleitores, principalmente idosos, ou até mesmo candidatos até o dia 15 de novembro.

Segundo o boletim da Secretaria Municipal de Saúde, os casos ativos que estavam próximo a zerar como já ocorreu em Itatuta e Riachão do Bacamarte, passaram de 4 casos  ativos no dia 1 de outubro, para 12 ativos e 2 suspeitos no mais recente boletim desta sexta-feira (16), com 4 óbitos por Covid-19 ao longo da pandemia.

Até que enfim a justiça eleitoral foi provocada e determinou o fim da ‘festança eleitoral viral”.

As coligações simbolizadas pelas cores Verde e Azul cancelaram os eventos marcados para este final de semana em que as multidões aguardavam com ansiedade, assim como o partido do coronavirus com sua bandeira “PRETA”.

Os candidatos Marcelo Andrade e Chicão Bernardo anunciaram o cancelamento e postaram seus argumentos:

Foto do perfil de chicaobernardo22

COMUNICADO

Viemos através deste comunicado, informar a toda população, em especial aos nossos correligionários, que na noite desta sexta-feira (16), o nosso partido PL, recebeu através do setor jurídico uma representação feita contra nossa campanha pelos adversários, em virtude dos nossos eventos realizados. A nossa manifestação popular foi impedida por puro desespero, e por terem visto que a vontade do povo estava estampada de maneira espontânea. Vamos dar continuidade ao nosso projeto através de lives levando propostas e ideias para Serra Redonda. Pedimos desculpas ao pessoal do Matias e a todos que vêm abraçando nosso desejo de mudança e de construir uma cidade melhor para todos. Em virtude também da Bandeira da Paraíba, ter sido colocada em vermelho, e os últimos casos aumentandos de Covid19 na cidade, chegamos a conclusão que a melhor opção é Cancelar, a princípio, o evento de amanhã.

Foto do perfil de marceloandradepb

Em virtude dos aumentos de casos do Covid-19 em nosso Município e o Estado da Paraíba ter migrado para a bandeira vermelha, INFELIZMENTE estamos CANCELANDO o evento CAMINHOS DO POVO que aconteceria nesse próximo DOMINGO no SÍTIO JUCÁ! Lamentamos o acontecido, mas a saúde do nosso povo está em primeiro lugar.
Nosso trajeto rumo a vitória está apenas começando e temos convicção que o povo está conosco. Estamos cada vez mais nos fortalecendo e contamos com o apoio de vocês para a conquista de mais um para o nosso grupo. Sem vocês eu não teria forças para a caminhada.
Dia 15 de Novembro é Marcelo Andrade e Valdinho de Queimadas. O trabalho está de volta! Com a força de Deus e do Povo. 💚

Comente usando o Facebook