Jovem que pulou de carro para não ser estuprada: “Pior dia da minha vida”

0
196

A passageira que pulou do carro em movimento para não ser estuprada no Distrito Federal relatou publicamente, em sua página do Facebook, o drama que viveu ao aceitar pegar uma lotação pirata, em uma parada de ônibus do Paranoá, por volta das 12h40 desse domingo (17).

Em seu perfil, ela escreveu o alerta e diz que a pressa a fez viver o pior dia de sua vida. A mulher contou ainda que renasceu e chamou de monstro o acusado, que, segundo a Polícia Civil, trabalhava como motorista de aplicativo e se passava por loteiro.

“Por volta das 12h40, aceitei pegar lotação pirata. Como de costume e recomendações, sempre sento atrás. Minha burrice foi entrar, porque eu estava sozinha. Mas, enfim, a gente pensa que nunca acontece com a gente, só com os outros. Continuando a viagem, reparei que aquele homem não estava parando mais em nenhuma parada (monstro). Assim posso chamá-lo”, escreveu a vítima.

Veja as imagens dos machucados pós ela pular do veículo:

CLICK PB

Comente usando o Facebook