Prisão em flagrante da traficante conhecida como ‘Gatinha da Cracolândia’ é convertida em preventiva

Em relatórios da investigação, jovem de 19 anos aparece comercializando crack dentro de tendas na região Central de São Paulo. Ela foi presa por tráfico de drogas na quinta-feira (22).

A prisão em flagrante da jovem Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, conhecida como “Gatinha da Cracolândia”, foi convertida em prisão preventiva pela Justiça de São Paulo nesta sexta-feira (23).

Ela foi presa por tráfico de drogas na quinta-feira (22). Em relatórios da investigação a jovem aparece comercializando crack dentro de tendas no “fluxo” de usuários de drogas da Cracolândia, na região Central de São Paulo.

De acordo com o delegado que conduz o caso, ela levava uma vida de ostentação com o dinheiro do crime na Cracolândia, no Centro de SP, ao lado do namorado, André Luís Santos Almeida, que também foi preso.

O irmão de Lorraine Bauer, publicou vídeos em uma rede social em que diz que a jovem “se envolveu com pessoas erradas” e que “a família não vai passar a mão na cabeça” dela.

“Passando para agradecer os amigos e familiares que estão junto da gente e também para dizer que o pessolzinho que está fazendo chacota, brincadeira, mano, pode fazer. Eu desejo tudo em dobro para você. A vida está aí para mostrar que o que você faz, você paga, do mesmo jeito que ela está pagando, você que deseja o mal e fica feliz com a queda dos outros também vai pagar”, afirmou.

De acordo com informações da polícia, o pai de Lorraine morreu baleado em uma tentativa de assalto em 2014, o que teria desestruturado a família.

ClickPB

Comente usando o Facebook